Covid-19

Pernambuco dobra capacidade de eventos e amplia horário de funcionamento de bares, restaurantes e cinemas. Saiba mais

Detalhes das mudanças foram apresentados nesta quarta-feira (28), através de coletiva à imprensa

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 28/07/2021 às 17:07
Notícia
YACY RIBEIRO
De acordo com o novo decreto de Paulo Câmara, os estabelecimentos terão horário estendido para fechamento - FOTO: YACY RIBEIRO
Leitura:

Em anúncio realizado na tarde desta quarta-feira (28), o Governo de Pernambuco comunicou que, devido à queda nos casos graves de covid-19 registrada nas últimas semanas, vai flexibilizar mais um pouco o funcionamento das atividades econômicas e sociais no Estado. De acordo com a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, bares e restaurantes poderão fechar mais tarde a partir da próxima semana e os eventos corporativos poderão reunir mais pessoas.

"A partir das melhorias nos indicadores de saúde nós temos medidas novas que passam a valer a partir de 2 agosto, segunda-feira. A primeira é a ampliação do horário de funcionamento para bares e restaurantes, que poderão funcionar das 5h à meia-noite em todos os dias da semana. Recentemente nós liberamos apresentações musicais nesses estabelecimentos e os protocolos devem ser seguidos, a pista de dança permanece proibida. Além desse avanço, também estamos dobrando a capacidade para a realização de eventos corporativos, que passa a ser de até 200 pessoas ou 50% da capacidade do espaço, o que for menor", detalhou a auxiliar do governador Paulo Câmara (PSB).

Na última semana, o Palácio do Campo das Princesas decidiu autorizar as atividades econômicas do interior do Estado a funcionar no mesmo horário da Região Metropolitana do Recife tanto nos dias de semana quanto nos fins de semana e feriados.

>> Acompanhe a coletiva de imprensa do Governo de Pernambuco sobre a pandemia da covid-19

>> Pernambuco tem menor média móvel de casos de covid-19 desde novembro de 2020

>> Governo de Pernambuco flexibiliza novas atividades no Estado a partir de 21/06. Entenda

>> Pernambuco terá horário único de funcionamento das atividades em todo o Estado. Saiba mais

A novidade foi muito bem recebida pelo setor de bares e restaurantes, que foi bastante afetado economicamente nos períodos de maior restrição em decorrência da pandemia. "Esse processo é contado como mais uma medida assertiva rumo à liberação total de funcionamento dos bares e restaurantes. A pauta principal agora é sentarmos juntos com o governo para o planejamento de recuperação das empresas e a política de incentivo na geração de empregos", pontuou Andre Luiz Araújo, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel-PE).

Ana Paula Vilaça afirmou, ainda, que as atividades esportivas e clubes sociais também terão seus horários ampliados, podendo funcionar até a meia-noite. Desde a última segunda-feira (26), esses setores podem funcionar com a presença de público - com limitação de até 100 pessoas -, respeitando o distanciamento social e com uso de máscara.

Os cinemas e teatros passam a ter capacidade ampliada para até 300 pessoas ou 50% do espaço, o que for menor, e poderão funcionar até a meia-noite. No momento, este tipo de estabelecimento só pode receber 100 pessoas ou ter 30% da sua capacidade ocupada.

Apesar da decisão da gestão estadual, Ana Paula Vilaça e o secretário de Saúde, André Longo, reforçaram que a população deve continuar seguindo todos os protocolos sanitários exigidos para evitar a proliferação do coronavírus, pois caso o número de casos volte a subir, o plano de convivência pode ser novamente endurecido. Além disso, ambos reforçaram a importância da ampla vacinação dos pernambucanos.

"A partir desta segunda-feira nós vamos continuar monitorando os números da saúde em tempo real por um comitê multidisciplinar para que a gente possa, em breve, anunciar novas flexibilizações e avanços. Mas isso tudo depende do nosso comportamento, desde o seguimento aos protocolos sanitários, ao uso da máscara o tempo inteiro e ao nosso apoio e incentivo à vacinação. Então quem já estiver apto a receber a primeira dose que a tome e aqueles que puderem antecipar a segunda dose, é importante que se faça isso, porque só assim nós teremos uma imunização completa", observou Vilaça.

A covid-19 em Pernambuco

Nesta quarta, segundo informações publicadas na coluna Saúde e Bem-estar, foram registrados 37 mortes por covid-19 no Estado, ocorridas entre 13 de dezembro de 2020 e 27 de julho de 2021. Novos 995 casos da doença também foram confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde hoje, sendo 49 graves (5%) e 946 (95%) leves.

Comentários

Últimas notícias