IMÓVEIS

Aluguel: Recife é a 2ª cidade mais cara do País; veja os preços por bairro

No acumulado de 12 meses, a capital pernambucana é a cidade com a maior variação no preço do aluguel residencial

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 16/09/2021 às 6:00
Notícia
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
No último mês de agosto o Recife acumula alta de 1,81% - FOTO: YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

O Recife, no último mês de agosto, passou a ser a segunda capital do País com o metro quadrado mais caro para aluguel residencial, de acordo com os dados do FipeZap. Com base em dados de 25 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap de Locação Residencial, o preço médio do aluguel encerrou o mês de agosto em R$ 30,78/m² no País. Comparando-se a apuração nas 11 capitais monitoradas, São Paulo se manteve como a capital com o preço de locação mais elevado (R$ 39,19/m²), seguida pelo Recife (R$ 33,78/m²). 

No acumulado de 12 meses,  a capital pernambucana é a cidade com a maior variação no preço do aluguel residencial, acumulado alta de 9,72%. No ano,  segue em segundo lugar (+6,70%), atrás apenas de Curitiba (+8,39%), no Paraná. 

Até agosto de 2021, o Índice FipeZap de Locação Residencial acumula uma alta de 1,27% no ano, resultado que mantém o comportamento do preço do aluguel de imóveis residenciais abaixo da inflação acumulada pelo IPCA/IBGE (+5,67%) e pelo IGP-M/FGV (+16,75%). 

Levando em conta apenas o último mês de agosto, o Índice encerrou nacionalmente com alta de 0,37%, após registrar elevação de 0,13% no mês imediatamente anterior. Comparativamente, a variação mensal do índice foi inferior às altas mensais apuradas pelo IPCA/IBGE (+0,87%) e pelo IGP-M/FGV (+0,66%), resultando na queda real do preço do aluguel residencial.

Individualmente, no entanto, a variação do Índice FipeZap de Locação Residencial refletiu as altas registradas em algumas capitais, tendo como destaque Fortaleza (+2,10%) e o Recife (+1,81%). 

Veja por bairros com relevância na pesquisa FipeZap o preço do aluguel 

PINA R$ 49,4 /m² +14,9% (em 12 meses)
PARNAMIRIM R$ 38,8 /m² +10,1% (em 12 meses)
BOA VIAGEM R$ 38,3 /m² +11,5% (em 12 meses)
TAMARINEIRA R$ 35,6 /m²  +9,4% (em 12 meses)
CASA AMARELA R$ 33,5 /m² +8,1% (em 12 meses)
GRACAS R$ 30,4 /m² +12,3% (em 12 meses)
ESPINHEIRO R$ 30,1 /m² +30,5% (em 12 meses)
IMBIRIBEIRA R$ 29,6 /m² -8,0% (em 12 meses)
MADALENA R$ 26,9 /m² -7,5% (em 12 meses)
CORDEIRO R$ 16,1 /m² +7,1% (em 12 meses)


Comentários

Últimas notícias