EM DIA

Veja como regularizar contas atrasadas da Tarifa Social; prazo limite é sexta-feira (8)

A Neoenergia Pernambuco (antiga Celpe) zerou a multa, juros e correção e vai dividir o atrasado em até 18 meses para os clientes da tarifa social. Quem não regularizar, pode ter o serviço suspenso porque a Aneel autorizou o corte do serviço para a baixa renda desde o dia 1º deste mês

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 06/10/2021 às 16:22
Notícia
A Celpe está dando condições diferenciadas para os clientes de baixa renda quitarem as contas em atraso até esta sexta-feira (08) FOTO:
Leitura:

Os clientes da Neoenergia Pernambuco (antiga Celpe) inscritos na Tarifa Social que estão com faturas de energia atrasadas têm até a próxima sexta-feira (08) para regularizar a situação, evitando a suspensão no fornecimento devido à falta de pagamento. Na renegociação, a empresa zerou multa, juros e correção, dando a opção também do consumidor dividir os atrasados em 18 meses para os clientes de baixa renda.

>> Celpe vai sortear R$ 40 mil em prêmios. Saiba como você pode concorrer 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou, desde a última sexta-feira (1º), o corte por inadimplência dos clientes de baixa renda. No entanto, a concessionária pernambucana decidiu adotar a ação apenas a partir da segunda-feira (11), concedendo mais um prazo os consumidores se regularizarem.

As condições especiais também estão oferecidas no Portal de Negociação da Neoenergia Pernambuco, disponível no site www.neoenergiapernambuco.com.br para os clientes de baixa renda.  No ambiente online, o usuário encontra uma série de vantagens no pagamento de faturas, tais como quitação à vista, pagamento integral no débito com o cartão virtual Caixa Elo (Auxílio Emergencial) ou parcelamento em até 18 vezes no cartão de crédito. Na negociação, são aceitos os cartões das bandeiras Master, Visa, Hiper, Elo e Amex.

Para utilizar os serviços do portal e ter acesso às opções de negociação, é necessário realizar o acesso informando o CPF e a conta contrato do cliente. Depois desse primeiro passo, é possível visualizar o débito e as condições de pagamento disponíveis. A empresa salienta ainda que as lojas de atendimento presencial e o atendimento telefônico também estão preparados para informar aos clientes a situação do débito e concluírem a negociação.

A negociação para cliente baixa renda é mais uma iniciativa da Neoenergia Pernambuco com a finalidade de contribuir com seus clientes durante a pandemia. Nos últimos meses, a concessionária ampliou suas formas de pagamento digital, com possibilidades de quitação via PicPay, Pix, RecargaPay e débito em conta, além dos agentes bancários tradicionais. Além disso, a fatura já pode ser entregue via e-mail, para evitar contato com o papel e contribuir com o isolamento social e meio ambiente.

O atendimento ao público foi ampliado e passou a ser feito também pelo Whatsapp (32176990), Facebook, teleatendimento (116), site oficial (www.neoenergiapernambuco.com.br) e nas tradicionais lojas de atendimento, que estão seguindo todos os protocolos sanitários visando a segurança dos clientes e dos atendentes.

TARIFA SOCIAL

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício que concede descontos de até 65% na conta de luz aos clientes classificados com baixa renda. Para ter direito, a unidade consumidora residencial precisa ter a família inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do governo federal. É necessário possuir o Número de Identificação Social (NIS), e ter renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário-mínimo nacional, independentemente de possuir ou não o benefício do Bolsa Família.

Para aqueles que ainda não possuem o benefício, é possível fazer o cadastro tanto através do site (www.neoenergiapernambuco.com.br) quanto pelo Whatsapp (3217-6990). Os dados serão confirmados no banco de dados do governo federal e, depois, o prazo para o credenciamento no programa é de cinco dias úteis, com o início do benefício na fatura seguinte.

A Neoenergia Pernambuco distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,8 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).

Comentários

Últimas notícias