OPORTUNIDADE

Comércio do Recife deve convocar 4 mil trabalhadores temporários neste final de ano. Contratações já começaram

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) estima que 10% desta mão de obra será efetivada no comércio

JC
JC
Publicado em 04/11/2021 às 19:59
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Aumento da vacinação e a flexibilização do plano de convivência com a covid-19 fez crescer o movimento no comércio - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da repórter Juliana Oliveira, da TV Jornal

No centro do Recife o comércio já está preparado para a melhor época de movimento, as festas de fim de ano. Junto com as vendas, e com o movimento nas lojas, vem também as contratações temporárias no quadro de funcionários e a esperança, para quem está desempregado, de conseguir uma vaga definitiva no mercado de trabalho.

Em 2020 o vendedor Paulo Augusto teve a oportunidade que precisava. Ele estava desempregado mas foi chamado para uma oportunidade temporária no final do ano passado. Depois veio a surpresa, começou a trabalhar com carteira assinada. A chance foi numa loja de calçados onde ele está até hoje . "Eu estava desempregado há cinco anos. Aí surgiu essa oportunidade e estou aqui até hoje", diz o vendedor.

EFETIVADOS

Rui Pimentel, gerente de uma loja no Centro do Recife, confirma que o recrutamento de mão de obra temporária está em alta. Ele espera contratar nos próximos dias cerca de 50 funcionários para o setor de vendas. Segundo o gerente as vagas já estão disponíveis. "Começamos a contratar em outubro, iniciamos com três funcionários, mas a expectativa agora é contratar mais gente. A necessidade maior é na área de vendas", diz Rui Pimentel.

 

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife, a retomada da economia, o avanço da vacinação, e a flexibilização do plano de convivência com a covid-19, fez o comércio começar a recuperar as vendas, o que acarretou a necessidade de novos profissionais para atuar no comércio. De acordo com Fred Leal, presidente da CDL, a expectativa para os dois últimos meses do ano é a abertura de, aproximadamente, quatro mil vagas temporárias no comércio do Recife. "Desse total de vagas, basicamente, 10% vão se tornar efetivas. No final do ano as empresas sempre aproveitam para renovar o quadro de funcionários", afirmou o presidente da CDL. 

 

Comentários

Últimas notícias