RENDA

Governo anuncia inclusão de novos beneficiários no Auxílio Brasil e pagamentos neste mês de janeiro

Cumprindo agora a promessa que era para o mês de dezembro de 2021, o governo federal diz que zerou a fila desatualizada de espera do Bolsa Família

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 11/01/2022 às 13:37
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Programa Auxílio Brasil - FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Leitura:

Após atraso, o governo federal confirmou nesta terça-feira (11) a ampliação do Auxílio Brasil, programa criado na gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL) para substituir o Bolsa Família. Com a ampliação, a gestão diz zerar a fila de espera do antigo programa, que já estava desatualizada por conta do avanço da pobreza durante a pandemia. Agora, o Auxílio Brasil é pago para 17,5 milhões de famílias. 

Cada família receberá um repasse mínimo de R$ 400, segundo o Ministério da Cidadania. O investimento total para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões. Quando iniciada a primeira rodada de pagamentos do Auxílio Brasil, no mês de novembro de 2021, o governo federal havia prometido ampliar o número de famílias beneficiadas já no mês seguinte, em dezembro, o que não ocorreu. 

Agora, em janeiro, a gestão amplia de 14.496.853 para 17.566.252 o total de famílias atendidas. Essas 3.069.399 famílias incluídas já estavam na fila de espera do Bolsa Família antes do fim do Auxílio Emergencial, o que, segundo especialistas, aumentou o número de pessoas em situação de pobreza e extrema-pobreza. 

Em Pernambuco, o Auxílio Brasil que era pago a 1.183.116 de famílias passará a ser pago a 1.399.643, com o acréscimo de 216.527 beneficiários. Segundo a gestão, o calendário de pagamentos de 2022 tem início no dia 18 de janeiro e já contemplará esses novos beneficiários. 

Para saber em que dia o benefício fica disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular. Para cada final do NIS há uma data correspondente, no calendário já divulgado pelo governo federal. 

>>> Veja aqui o calendário de 2022 do Auxílio Brasil 

As três milhões de novas famílias incluídas já começaram a receber notificações desde a última semana, segundo a Cidadania. Ao entrar no programa, elas recebem, via Correios, no endereço informado durante o cadastramento, duas cartas da Caixa: a primeira é um informativo com orientações gerais, enquanto a segunda traz o Cartão Auxílio Brasil.

Mesmo entrando "atrasadas" no programa, as famílias não receberão nenhum valor retroativo. Pernambuco é o terceiro estado do País com mais famílias inscritas no Auxílio Brasil. Ao todo, são 1,39 milhão de famílias beneficiárias. 

Comentários

Últimas notícias