ALTA DEMANDA

Variação de preços de testes de covid-19 no Recife já chega a 100%

Testagem do tipo RT-PCR já pode ser encontrada por até R$ 385

JC
JC
Publicado em 20/01/2022 às 11:11
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
RESULTADO Exame tipo RT-PCR é considerado padrão ouro pelos especialistas, pois é capaz de identificar a doença na fase mais aguda da infecção - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Em meio ao aumento do registro de casos de covid-19 e influenza (H3N2) a testagem é primordial para a confirmação do diagnóstico. No Recife, com os pontos públicos para testagem registrando longas filas, a rede privada tem sido mais demandada, e isso já tem afetado fortemente os preços. O Procon Recife, em fiscalização de laboratórios e farmácias, detectou variações de até 100% nos valores cobrados. 

A verificação dos preços foi realizada ao longe desta semana, com o objetivo de coibir a cobrança abusiva. Foram visitados pela equipe de fiscais do órgão municipal 11 estabelecimentos localizados nos bairros do Derby, Boa Viagem, Casa Forte e Pina, onde foram comparados os valores cobrados pelos principais exames para diagnosticar o vírus.

A ação constatou que os valores cobrados para a realização do exame de Antígeno, conhecido como teste rápido, variavam de R$100,00 e R$200, diferença de 100%. Para o RT-PCR, os valores variavam de R$280,00 e R$385,00, uma diferença de 37,50%.

Para a Sorologia, os preços encontrados foram de R$ 150,00 a R$ 240,00, um aumento de 60%.

O secretário-executivo do Procon Recife, Pablo Bismack, destaca que apesar da variação de preços encontrada entre os estabelecimentos, não foi apurada eventual prática de elevação abusiva nos preços, porque com o aumento da procura pelo serviço e a escassez dos insumos, o preço final do serviço naturalmente sofre alterações.

Ainda de acordo secretário, a fiscalização ocorreu diante da grande procura por esses exames nos últimos dias, provocada pelo crescente casos da nova variante do coronavírus, é quando pode ocorrer a prática de aumentos sem justificativa por parte dos locais que realizam o procedimento. “Constatamos que existem variações e diferenças nos preços, mas justificadas e, por isso, é papel dos órgãos de proteção ao consumidor fazer esse tipo de fiscalização", ressalta.

O Procon Recife orienta ao consumidor pesquisar os valores que estão sendo cobrados pelos mesmos exames e, ao se deparar com alguma irregularidade, denunciar. O consumidor pode ir à sede do órgão, na Rua Carlos Porto Carreiro, 156, na Boa Vista, e também nos Compaz Dom Helder Câmara (Coque), Escritor Ariano Suassuna (Cordeiro) e Eduardo Campos (Alto Santa Terezinha).

Também é possível acionar o Procon Recife pelo site procon.recife.pe.gov.br, pelos e-mails procon@recife.pe.gov.br (dúvidas) e denunciaproconrecife@recife.pe.gov.br (denúncias) e também pelo 0800 281 1311, das 8h às 14h.

 

Comentários

Últimas notícias