CONDIC

Investimento privado em Pernambuco vai a R$ 163 milhões e deve gerar 846 novos empregos; veja principais negócios

Governo de Pernambuco aponta crescimento de 380% do aporte da iniciativa privada no Estado, quando comparado ao mesmo período de 2021

Lucas Moraes
Cadastrado por
Lucas Moraes
Publicado em 04/04/2022 às 18:52 | Atualizado em 04/04/2022 às 18:53
DIVULGAÇÃO/MASTERBOI
CANHOTINHO Abatedouro e frigorífico industrial será o primeiro da marca dentro da Região Nordeste - FOTO: DIVULGAÇÃO/MASTERBOI
Leitura:

O ano de 2022 começou com crescimento do volume de investimentos da inciativa privada em Pernambuco. O governo do Estado pautou a atração de investimentos pelo avanço da vacinação contra a covid-19 e uma situação mais próxima da realidade anterior ao período mais crítico da pandemia, favorecendo o ambiente de negócios, com a confirmação de R$ 163 milhões atraídos em projetos industriais e previsão da abertura de 846 postos de trabalho por todo o Estado. O governo celebrou um avanço de 380% no aporte privado em relação ao mesmo período de 2021, mas o resultado foi ancorado na nova fábrica da Masterboi, que apresentou um investimento equivalente a 85% do total anunciado nesta segunda-feira (4).

Do total de empresas que escolheram o Estado para fazer novos aportes, 16 são indústrias, entre novas e ampliações de plantas existentes. A maioria dos postos de trabalho estão sendo direcionados para o interior do Estado (676 - o equivalente a 80%). Na Região Metropolitana serão 170 (20%).

O principal projeto aprovado na reunião foi a implantação da já anunciada fábrica da Masterboi, que está em fase de testes para iniciar sua operação, em junho, em Canhotinho, no Agreste pernambucano. A empresa investirá R$ 137 milhões na implantação de um frigorífico industrial e um abatedouro, representando quase que a totalidade dos investimentos anunciados nessa segunda-feira (R$ 163 milhões)

Quando estiver em plena atividade, o frigorífico terá uma capacidade de abater 550 gados por dia e processar 250 toneladas diárias de carne, entre bois, suínos, caprinos e ovinos.

“Os aportes de R$ 163 milhões em investimentos privados representam um aumento de 380%, em relação ao ano anterior, quando foram destacados R$ 42 milhões. Já em relação ao número de postos de trabalho prospectados, houve um crescimento de 260% em 2022, com a geração de 846 empregos. Já em 2021, foram anunciadas 325 vagas. São números expressivos que refletem o empenho de toda a equipe em fazer sempre mais” ressaltou o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Roberto de Abreu e Lima. 

Dos 35 projetos aprovados estão 16 indústrias, nove importadoras e 10 centrais de distribuição. Levando-se em conta apenas os projetos industriais, são cinco de implantação, seis de ampliação com nova linha de produtos e três de ampliação com nova linha/isonomia; uma de isonomia e uma de manutenção do poder competitivo (que permite que a empresa se mantenha no Estado).

As 10 Centrais de Distribuição incentivadas neste Condic estão espalhadas na Região Metropolitana do Recife, Sertão Central e Agreste Setentrional. As aprovações irão gerar R$ 163.007.903,00 entre compras e transferências anuais previstas e R$ 14.798.240,08 de recolhimento anual de ICMS, sendo distribuídas entre as empresas ART Led iluminação; Beiradeiro Comércio de Pneus Peças e Serviços; Bodipasa Bombas Diesel Paulista; Comercial Cirúrgica Rio Clarense; CPX Distribuidora; EKKO Parts Distribuidora e Importadora de Auto Peças; Forte Peças; Liona Comércio de Moto Peças; Multilit fibrocimento; Norte Sul Parts Comércio e Importação.

Já os projetos de importação incentivados estão localizados no Grande Recife e Mata Sul, em Vitoria de Santo Antão. As importações anuais previstas chegam a R$ 290.822.653,09 e o recolhimento anual de ICMS previsto chegará a R$ 26.279.514,80.

Os secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Geraldo Julio, comemorou resultado, ressaltando a melhora do ambiente para investimentos no Estado. “Temos sentido uma mudança de comportamento no investidor e nos empreendedores e analistas de mercado. Escutamos muitas vezes “vamos esperar”. Agora, me parece que os analistas, empresários e consultores entenderam que é preciso arriscar. O investidor está tomando decisões. É um papel nosso do setor público saber aproveitar esse momento. As decisões vão precisar acontecer e não dá mais para ter um comportamento passivo. Pernambuco sabe se colocar e por isso temos conseguido anúncios de investimentos tão expressivos “, afirmou, sem ressaltar a inflação nos números gerada pela Masterboi. 

Destaques do 118º Condic

TRÊS MAIORES EMPREGADORES:

1. Masterboi – Implantação em Canhotinho – 564 empregos;
2. Notaro Alimentos LTDA – Isonomia em Itapissuma – 80 empregos;
3. Metalúrgica MOR S/A- Ampliação em São Lourenço da Mata – 31 empregos.

TRÊS MAIORES INVESTIDORES:
1. Masterboi – Implantação em Canhotinho – R$ 137.343.282,26;
2. Metalúrgica MOR S/A - Ampliação em São Lourenço da Mata – R$ 6.905.020,00
3. NEO SIMERA MATERIAIS MÉDICOS E EPIS LTDA. - Ampliação em Jaboatão dos Guararapes – R$ 5.334.028,00

Número das reuniões do Condic em 2021:

114ª reunião (março/2021) R$ 42,5 milhões e 325 empregos

115ª reunião (julho/2021) R$ 149,7 milhões e 1.022 empregos

116ª reunião (outubro/2021) R$ 239,5 milhões e 1.662 empregos

117ª reunião (dezembro/2021) R$ 237,5 milhões e 968 empregos

 

Comentários

Últimas notícias