TRABALHO

Que tal morar e trabalhar em Fernando de Noronha? Há 11 vagas disponíveis na ilha. Veja as funções

As Agências de Trabalho de Pernambuco estão oferecendo oportunidade de trabalho no Arquipélago que fica a 545 km do Recife

Edilson Vieira
Cadastrado por
Edilson Vieira
Publicado em 27/05/2022 às 16:49
Reprodução/Internet
A Vila dos Remédios, reduto histórico e sede administrativa da ilha - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Steq) está oferecendo, através das Agências de Trabalho, 11 vagas para trabalhadores que estejam dispostos a morar no Arquipélago de Fernando de Noronha. As vagas são para garçom (uma vaga) e para motorista de caminhão pesado com Munck (10 vagas).

Qual a qualificação necessária e o salário?

Para a função de garçom, o candidato precisa ter ensino médio completo, mínimo de seis meses de experiência comprovada em carteira de trabalho, e preferencialmente vivência em rotinas hoteleiras. O salário é de R$ 1.709, 19.

Já para o caminhoneiro-operador de guindaste articulado (Munck), é exigido o ensino fundamental completo, mínimo de seis meses de experiência comprovada em carteira de trabalho, e habilitação específica (CNH do tipo C, D, ou E), além de treinamento de operação de Munck. O salário não foi especificado mas, para a função, a estimativa é em torno de R$ 1,7 mil a R$ 2,4 mil.

Onde se inscrever? 

Os candidatos interessados em trabalhar em Fernando de Noronha serão selecionados no Recife. A vaga única para garçom está disponibilizada na Agência do Trabalho do Recife (na Rua da União, 425, Boa Vista - com entrada pela Rua da União).

Já as 10 vagas para caminhoneiro/operador de Munck estão disponibilizadas para cadastros na Agência do Trabalho de Igarassu (R. Dr. José Elísio, 24 - Centro) mas, segundo a Steq, a pessoa interessada pode ir presencialmente a uma das Agências do Trabalho mais próxima de sua residência, sem marcar horário. Exceto no Recife, em Vitória e Salgueiro, que precisam de agendamento pelo site www.seteq.pe.gov.br.

 


 

Comentários

Últimas notícias