FUTEBOL AMERICANO

NFL anuncia doação superior a R$ 180 milhões para o combate ao coronavírus

Doação de US$ 35 milhões foi feita pela Liga Nacional de Futebol Americano junto com o sindicato dos jogadores, atletas e donos das franquias

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 27/03/2020 às 17:08
Notícia
Tim Bradbury / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
NFL levantou US$ 35 mlhões para o combate do coronavírus. Temporada está prevista para começar em setembro. - FOTO: Tim Bradbury / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

A Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) anunciou, nesta sexta-feira, que sua organização junto com o sindicato dos jogadores, atletas e donos das franquias já doou mais de US$ 35 milhões (cerca de 180 milhões) na ajuda às vítimas da pandemia do coronavírus.

As doações começaram a ser feitas desde o dia 16, quando foram interrompidas todas as competições esportivas nos Estados Unidos e a NFL contribuiu com US$ 3,5 milhões (R$ 18 milhões).

As doações da "família" da NFL são canalizadas em dez organizações beneficentes em todos os Estados Unidos. "Todos estamos sendo afetados pela pandemia. Agora, mais do que nunca, precisamos nos unir, ficarmos em casa e nos mantermos fortes", afirmou Roger Goodell, comissário da NFL, por intermédio de um comunicado. "A NFL continuará buscando formas para que, juntos, possamos superar este momento de incertezas."

JOGADORES PEDEM PARA FICAR EM CASA

Além das doações, a NFL tem se unido aos fãs com a #StayHomeStayStrong para ajudar a limitar a propagação da covid-19 em todo o país, pedindo para  ficar em casa e manter-se forte. Mais de 50 jogadores, técnicos e lendas do esporte gravaram um vídeo na busca de informar a importância de permanecer em casa o máximo possível.

A Liga também criou a #NFLPLAY60, na qual convida seus fãs a fazerem exercícios físicos diários durante o isolamento por 60 minutos.

Desde o final de janeiro, a NFL organiza um leilão, no qual os fãs podem dar lances para lembranças autografadas ou usadas em jogos históricos. Em um primeiro momento, o dinheiro arrecadado era endereçado à China e agora fica nos Estados Unidos.

Entre os dias 23 e 25 de abri, a Liga, sempre em busca de fundos para ajudar no combate à covid-19, fará um sorteio de produtos. Detalhes serão dados aos interessados em breve.

Durante esta emergência global de saúde pública, a NFL continua, com estreita colaboração das 32 equipes, das autoridades e de parceiros comerciais, em busca de alternativas para ajudar a conseguir ajuda para combater a propagação da doença.

TOM BRADY

No último dia 20 de março, o quarter-back Tom Brady foi anunciado oficialmente pelo Tamba Bay Buccaneers. Segundo o portal nacional da liga, o hexacampeão de 42 anos irá receber 30 milhões de dólares (cerca de R$150 milhões) por temporada. Brady chega em Tampa com um contrato multi-anual.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias