covid-19

''Sinto muita falta'' de abraçar, diz técnico do Arsenal

Mikel Arteta e a esposa pegaram a Covid-19

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 27/03/2020 às 17:20
Notícia
IAN KINGTON / AFP
Arteta foi primeiro técnico da Premier League a ser diagnosticado com o vírus - FOTO: IAN KINGTON / AFP
Leitura:

Recuperado da Covid-19, o técnico do Arsenal Mikel Arteta acredita que verá mudanças nas relações sociais após a pandemia do novo coronavírus. Pai de três filhos, ele e a esposa contraíram a doença, mas as crianças não foram afetadas. Em entrevista ao site oficial do clube, o espanhol destacou o que mais sente falta em período de isolamento: abraçar as pessoas que ama.

"Estamos percebendo o quanto precisamos uns dos outros. Vivemos em um mundo em que tudo é rede social, tudo é mensagem pelo WhatsApp. Mas, quão importante é tocar o outro, sentir o outro, abraçar? Eu sinto muita falta disso com as pessoas que eu amo. Não posso fazer agora", disse o treinador dos Gunners.

Arteta tem certeza de que o comportamento das pessoas com aqueles que amam e se importam vai mudar, nem que seja um pouco. O espanhol espera que as pessoas estejam mais abertas emocionalmente para expressar sentimentos. Para ele, o vírus está transformando tudo que é prioridade na vida.

"Nós precisamos aprender a lição. Nós não podemos em dois ou três meses - se formos capazes de resolver isso rápido - esquecer isso, porque é muito importante", concluiu o técnico Mikel Arteta.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias