Memória

Memória: relembre 5 curiosidades do primeiro título de Ayrton Senna na F1

No dia 30 de outubro de 1988, Ayrton Senna venceu o seu primeiro título na Fórmula 1 em uma corrida no Japão

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 02/05/2020 às 21:39
Notícia
REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM
Primeiro título de Senna na Fórmula 1 foi conquistado no Japão. - FOTO: REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM
Leitura:

O Brasil é conhecido por ser uma das grandes referências mundiais quando o assunto é futebol, mas também já foi protagonista na Fórmula 1. E não apenas um protagonismo em relação aos títulos e corridas conquistadas, mas em pertencimento. Quando Ayrton Senna estava dentro do carro, milhões de brasileiros 'aceleravam' com ele. Era uma espécie de ídolo nacional - algo que poucos conseguiram fazer isso na nossa história. O primeiro título de Senna na F1 foi há quase de 32 anos, em um 30 de outubro de 1988 especial para muita gente.

Uma das curiosidades do título do piloto brasileiro começa com uma disputa acirrada entre companheiros de equipe. Isso porque Ayrton Senna disputou a temporada de 1988 na McLaren, equipe no qual o bicampeão Alain Prost também era membro. E a dupla foi protagonista da corrida acirrada pelo título. Para se ter ideia da qualidade dos pilotos, Senna e Prost venceram 15 das 16 corridas durante toda a temporada. Era um domínio incrível da dupla.

CORRIDA NO BRASIL

Outra curiosidade daquela temporada é que a primeira corrida aconteceu justamente no Brasil. Era a estreia de Senna pela McLaren e que poderia ser acompanhada com a vitória em casa. No entanto, não foi isso que aconteceu. O piloto brasileiro teve alguns problemas no carro na primeira largada. Na segunda, trocou para o carro reserva, mas isso era ilegal na época. Senna tava reagindo na corrida, mas acabou sendo desclassificado quando ocupava a sexta posição. Ao fim da corrida, Prost foi o vencedor.

LEIA MAIS

Sport mantém posição e só vai marcar retorno das atividades após aval do Estado

Companheiros no Náutico, Hereda responde brincadeira de Jean Carlos na Live do Torcedor

Há quatro anos, o Santa Cruz era campeão do Nordestão; relembre na voz de Aroldo Costa

APELIDO DE 'REI DA CHUVA' JUSTIFICADO

As corridas foram passando e o placar de corridas vencidas apontava 4x3 por Prost. No entanto, duas corridas mudaram a história da temporada. A primeira foi na Inglaterra, em uma pista bem molhada, Senna justificou o apelido de 'Rei da Chuva' e venceu a corrida. Em seguida, na Alemanha, novamente em um tempo chuvoso, o brasileiro também foi o vencedor e, pela primeira vez, estava na frente do placar da temporada: 5x4 Senna.

CRISE E APROXIMAÇÃO DE PROST

Nas duas corridas posteriores, mais duas vitórias de Senna, deixando o cenário ainda mais favorável. No entanto, veio a crise. Nos Gps da Itália, Portugal e Espanha, respectivamente, o brasileiro não conseguiu vencer nenhuma. E, para piorar, viu Alan Prost vencer duas dessas corridas, diminuindo a diferença no placar. Faltando duas corridas para o fim da temporada, o placar apontava 7x6 para o brasileiro.

CORRIDA DO TÍTULO

O Grande Prêmio do Japão começou de forma terrível para Ayrton Senna, já que o carro do brasileiro apagou na largada. No entanto, o brasileiro conseguiu fazer o carro pegar, mas acabou caindo para o fim do grid. Mas aquele era o ano de Senna. Na vigésima volta, ele já estava próximo de Prost, que liderava o GP. E, de tanto pressionar, conseguiu fazer a ultrapassagem na vigésima oitava volta. A partir daí, Senna tinha que segurar a primeira posição por mais 23 voltas. E ele fez isso. Ao fim da quinquagésima volta, título pela primeira vez e a história sendo escrita.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias