GREVE NO ELENCO

Com salários atrasados, jogadores do Central ameaçam não entrar em campo no domingo

Jogadores do Central estão com dois meses de salários atrasados e diretoria tenta acordo

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 16/10/2020 às 13:46
Notícia

YAN/POTIGUAR
O Central empatou em todas as seis rodadas disputadas até agora na Série D. - FOTO: YAN/POTIGUAR
Leitura:

O Central, de Caruarú, vive um momento de drama na carreira do clube. Com jogadores em greve, por falta do pagamento de salários referentes aos meses de julho e setembro (vencido no último dia 10), a equipe corre risco de não entrar em campo no próximo domingo (18) contra o Coruripe, no Lacerdão. Caso o elenco não jogue, a equipe é derrotada automaticamente e pode receber multa da CBF como punição. As informações foram apuradas pelo repórter Berg Santos, da Rádio Jornal Caruaru.

Sem treinar desde a última quinta-feira (15), boa parte do elenco do Central aderiu às paralizações e afirmaram que iriam voltar ao trabalho quando quitassem os atrasos salariais. A diretoria tentou oferecer 5% do valor como acordo, mas foi negado pelos atletas da Patativa.

Nova negociação, que deve acontecer na tarde desta sexta-feira, pode mudar o rumo da paralisação. Até então, os atletas marcarão presença no estádio do clube, mas não irão participar de nenhuma movimentação como preparativos para domingo. "A diretoria está correndo atrás para solucionar", se pronunciou o Central, em nota curta para a imprensa.

Temendo a manifestação de torcedores, os portões do Estádio Luiz José de Lacerda, o Lacerdão, foram fechados e só será permitida a entrada de funcionários e membros da comissão técnica.

A situação também refletiu dentro de campo, já que a Patativa não está bem na Série D do Brasileirão. Apesar de não ter perdido, também não venceu na competição. Foram seis empates em todas as 6 rodadas da fase de grupos. Mesmo com o grupo embolado em pontuação, o Central está na vice-lanterna do Grupo 4 com 6 pontos conquistados.

Esclarecimentos serão dados nesta tarde

Em nota, a diretoria do Central convidou a imprensa para uma coletiva no Lacerdão para esclarecer a situação do clube. Segue a nota:

Convidamos a imprensa para uma conversa nesta sexta-feira (16), a partir das 16h, nas dependências do estádio Lacerdão. A diretoria do Alvinegro Caruaruense vai tratar de assuntos relacionados ao Brasileirão da Série D, prestação de contas (do último trimestre /julho/agosto e setembro) e também questões salariais.

Atenciosamente: Departamento de Comunicação do Central Sport Club.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias