histórico

Mantra, orações e família; Ítalo Ferreira agradece ao povo brasileiro pelo ouro no surfe de Tóquio

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 27/07/2021 às 5:03
Notícia
COB
Ítalo conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. - FOTO: COB
Leitura:

O brasileiro Ítalo Ferreira cravou seu nome na história do esporte brasileiro ao conquistar a medalha de ouro na primeira edição do surfe em uma olimpíada. O Brasileiro venceu o japonês Kanoa Igarashina com uma atuação de gala e levou o país ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez em Tóquio.

De acordo com o surfista, um mantra o ajudou a chegar até onde ele chegou.

"Eu vim com uma frase pro Japão: "Diz amém, que o ouro vem". E veio. Eu acreditei até o final, treinei muito nos últimos meses e Deus realizou meu sonho. Só tenho a agradecer à Deus, em primeiro lugar, por ele ter me dado a oportunidade de fazer o que eu amo e ajudar as pessoas. Fui pra dentro da água sem pressão, fazendo o que eu amo. Consegui o que eu quis", afirmou.

O potiguar de 27 anos, atual campeão mundial de surfe na WSL dedicou a medalha de ouro à sua família. Ítalo começou a surfar em uma tampa de isopor que o seu pai usava para vender peixes quando ele ainda era pequeno, no município de Baía Formosa, no Rio Grande do Norte.

"Eu queria que minha vó estivesse viva para ver isto. Pra ver o que eu me tornei, o que eu consegui fazer pelos meus pais, por aqueles que estão ao meu redor. Não tenho palavras, só agradecer. É algo que eu almejei bastante. Eu sonhei. A frase que eu falei antes está ao lado da minha cama. Todo dia eu orei às 3h da manhã e pedi a Deus que ele realizasse esse sonho. Agora está ai. Meu nome está na escrito na história do surfe", complementou.

Ainda sem cair a ficha do feito histórico que realizou, Ítalo disse estar ansioso para voltar ao Brasil e comemorar junto com os brasileiros que sempre lhe apoiaram.

"Eu não queria nem pegar a medalha. Eu queria voltar e dar um abraço em cada um de vocês, que ficaram torcendo. Estou muito grato por tudo. Não só à minha família. Eu recebi uma força imensa de todos os brasileiros que estavam acompanhando. Sei que é de madrugada, muita gente deve estar cansada. Alguns estão indo trabalhar, outros tiraram o dia de folga, mas valeu a pena. Obrigado pela torcida e a gente se vê no Brasil", finalizou.

Comentários

Últimas notícias