OLIMPÍADA

Rebeca Andrade: veja dia, horário, onde assistir e mais detalhes da final do solo da ginástica na Olimpíada de Tóquio

A brasileira já tem duas medalhas em Tóquio, o ouro no salto e a prata no individual geral

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 01/08/2021 às 18:55
Notícia
Loic Venance/AFP
Saltos de Rebeca Andrade garantiram pontuação de 15.083, dando a ela medalha de ouro na ginástica nos Jogos Olímpicos de Tóquio - FOTO: Loic Venance/AFP
Leitura:

Atualizada às 10h15 da segunda-feira (2)

Rebeca Andrade. Esse nome já entrou para a história do esporte brasileiro em Olimpíadas. A paulista de 22 anos colocou a ginástica do País no lugar mais alto do pódio na manhã deste domingo (1). Ela faturou a medalha de ouro na final do salto. Rebeca já tinha obtido a prata no individual geral e na manhã desta segunda-feira (2), às 5h45, tentou mais uma premiação, desta vez no solo. Mais uma vez, a brasileira não teve a concorrência de Simone Biles, que também desistiu dessa prova por problemas psicológicos. A transmissão da Olimpíada na tv brasileira é da Globo, Sportv e Bandsports.

>> Fora do pódio na final do solo, Rebeca fecha Olimpíada com duas medalhas

Em disputa muita acirrada no pódio, a brasileira acabou ficando de fora por 0,10 ponto na sua nota e conseguindo a quinta posição. Por muito pouco a ginasta de 22 anos não chegou outra vez no pódio. Ela acabou sendo cobrada por ter saído do tablado em sua primeira acrobacia. O ouro acabou ficando para a estadunidense Jade Carey. A prata ficou para a italiana Vanessa Ferrari e o bronze ficou empatado entre a japonesa Mai Murakami e a russa Angelina Melnikova.

Veja lista atualizada dos brasileiros que ganharam medalha nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Horários Olimpíadas 2020: veja as partidas e disputas deste domingo (1º/8)

Ao som de "Baile de Favela", Rebeca chega bem cotada a um lugar no pódio depois de obter a quarta melhor nota no solo nas etapas classificatórias. Sobre a escolha da música, Rebeca explicou porque trocou Beyoncé pelo funk de autoria de MC João. "Quis fazer algo para mostrar a cultura brasileira. Adoro dançar funk. Sou preta e vou representar os pretos, mas também os brancos, azuis, amarelos... Quero representar todo mundo independentemente da cor."

SURPRESA

Rhony Ferreira, coreógrafo de Rebeca, afirmou ao SporTV que a ginasta brasileira prepara uma surpresa para a disputa final no solo. "Ela vai ter uma surpresinha aí e, se Deus quiser, vai emplacar essa medalha. Peço que todos os brasileiros torçam pela Rebeca nessas finais. O baile não vai ser só na favela, mas no Brasil inteiro", afirmou Ferreira.

 

Loic VENANCE / AFP
O ouro conquistado por Rebeca foi o segundo do Brasil em Tóquio. - FOTO:Loic VENANCE / AFP

Comentários

Últimas notícias