OLIMPÍADA

Rebeca Andrade dá show outra vez e conquista o ouro na final do salto da ginástica na Olimpíada de Tóquio

A paulista foi a terceira a se apresentar. Ela fez 15.166 no primeiro salto e 15.000 no segundo, com nota final de 15.083, assumindo a primeira posição e não mais sendo ultrapassada.

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 01/08/2021 às 6:40
Notícia
Loic VENANCE / AFP
O ouro conquistado por Rebeca foi o segundo do Brasil em Tóquio. - FOTO: Loic VENANCE / AFP
Leitura:

Rebeca Andrade voltou a brilhar nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira faturou a medalha de ouro na final do salto, realizada na manhã deste domingo (1), horário de Brasília. A paulista foi a terceira a se apresentar. Ela fez 15.166 no primeiro salto e 15.000 no segundo, com nota final de 15.083, assumindo a primeira posição e não mais sendo ultrapassada. 

Ginástica: veja dia, horário e onde assistir a final das argolas; Arthur Zanetti tenta recorde

O pódio foi completado por Mykayla Skinner, dos Estados Unidos, que ficou com a prata com 14,916 de média, e a sul-coreana Seojeong Yeo, que ganhou o bronze ao fazer 14,733.

> Medalhista em Tóquio, Rebeca Andrade ultrapassa 1 milhão de seguidores no Instagram

Hoje uma inspiração, medalhista Rebeca Andrade já foi uma promessa na ginástica; veja vídeo

A disputa não teve a participação da norte-americana Simone Biles, que desistiu da final por alegar que não está bem mentalmente. Biles esteve no ginásio para dar apoio à equipe dos Estados Unidos. 

Loic Venance/AFP
Saltos de Rebeca Andrade garantiram pontuação de 15.083, dando a ela medalha de ouro na ginástica nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Loic Venance/AFP
Loic Venance/AFP
Rebeca Andrade celebra a medalha de ouro no salto da ginástica artística nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Loic Venance/AFP
Loic Venance/AFP
A sul-coreana Seojeong Yeo (bronze), a brasileira Rebeca Andrade (ouro) e a americana Mykayla Skinner (prata) foram as campeãs do salto na ginástica olímpica em Tóquio - Loic Venance/AFP

Rebeca já tinha conquistado a prata na individual geral na última quinta-feira. E nesta segunda-feira (2) ela ainda disputa a final do solo. Foi a segunda medalha de ouro do Brasil em Tóquio - a outra foi obtida por Italo Ferreira no surfe. O País soma agora 10 medalhas em Tóquio. 

A DISPUTA

A primeira atleta a se apresentar foi a norte-americana MyKayla Skinner. Ela teve 15.033 no primeiro salto e 14.800 no segundo, com nota final de 14.916. Depois foi a vez da mexicana Alexa Moreno, que fez 14.766 no primeiro salto e 14.666 no segundo, com nota final de 14.716.

Depois de Rebeca, foi a vez da norte-americana Jade Carey, que errou na corrida e tirou 11.933 no primeiro salto. No segundo ficou com 12.900. Nota final, 12.416. Na sequência, a sul-coreana Seojeong Yeomandou mandou bem e cravou 15.333 no primeiro salto, com 14.133 no segundo, com nota final 14.733. 

Já Shallon Olsen, do Canadá, ficou com 14.550 na nota final. As atletas do Comitê russo eram então as únicas que poderiam tirar o ouro da brasileira, mas isso não aconteceu. Angelina Melnikova acabou com 14.683, enquanto Liliia Akhaimova, 14.666. 

HISTÓRIA

Esta é a sexta medalha da ginástica artística brasileira na história olímpica, a segunda de Rebeca. As outras quatro foram de homens: Arthur Zanetti nas argolas (ouro em Londres-2012 e prata na Rio-2016), e a dobradinha no solo dos Jogos do Rio com Diego Hypólito (prata) e Arthur Nory (bronze).

Aos 22 anos, Rebeca vai se firmando como a maior ginasta do País na atualidade e tem chance ainda de conquistar mais uma medalha no Japão, pois disputa nesta segunda, às 5h57, as finais do solo, quando vai apresentar seu "Baile de Favela", que já teve ótima aceitação na fase classificatória e também na final do individual geral.

O sucesso poderia até ter chegado um pouco antes não fossem as lesões na carreira da atleta. Só para se ter uma ideia, ela já foi submetida a três cirurgias para reparar o ligamento cruzado anterior no joelho direito. "Eu cheguei a pensar em desistir, mas as pessoas sempre me incentivaram a continuar", disse.

Comentários

Últimas notícias