DELEGAÇÃO BRASILEIRA

Brasil iguala recorde de medalhas nas Olimpíadas e pode superar marca; veja os cenários

Melhor desempenho brasileiro nos Jogos Olímpicos foi na Rio 2016 e o recorde já foi igualado em Tóquio 2020

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 05/08/2021 às 10:50
Notícia
LUIS ACOSTA / AFP
A marca de 19 medalhas conquistadas ainda pode ser batida pelos brasileiros em Tóquio. - FOTO: LUIS ACOSTA / AFP
Leitura:

Os Jogos de Tóquio 2020 vão ficar na memória do brasileiro por vários motivos. Um deles é o desempenho dos brasileiros. Na madrugada desta quinta-feira (5), o Brasil conquistou sua 16ª medalha, com Pedro Barros, prata no skate park. Nas Olimpíadas do Rio 2016, o Brasil conquistou 19 medalhas, até então melhor número da história do país e que foi igualado nesta edição dos jogos, já que a delegação verde-amarela tem 19 pódios garantidos, uma vez que disputa a final no futebol masculino, no boxe feminino e no boxe masculino. E na reta final das Olimpíadas, esse recorde pode ser batido. 

Até agora, foram quatro ouros conquistados, quatro pratas e oito bronzes. As três medalhas garantidas, mas ainda não definidas pelo fato de as competições estarem em andamento, podem ser de ouro ou prata no futebol masculino; ouro ou prata no boxe feminino até 66 kg, com Beatriz Ferreira; e ouro ou prata no boxe masculino até 75 kg, com Hebert Conceição.

Os brasileiros ainda estão na briga por medalhas no vôlei masculino, que perdeu para o Comitê Olímpico Russo (COR) na semifinal, mas ainda disputa o bronze com a equipe que perder o confronto entre França e Argentina e com o vôlei feminino, que está na semifinal e enfrentará o Japão. No atletismo, Érica Sena na marcha atlética também pode subir ao pódio nesta sexta-feira (6) e Isaquias Queiroz, na Canoagem Velocidade, tem mais outra oportunidade de medalha. 

Veja o quadro de medalhas:

Comentários

Últimas notícias