Contratações

Prioridade da diretoria do Náutico é reforçar o elenco do meio para frente

Meias Dadá Belmonte e Júnior Brítez negociam com o Náutico

Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 31/03/2020 às 16:19
Notícia
Léo Lemos/Náutico
Dirigente alvirrubro ainda comentou onde ele imaginava que os novos reforços podem atuar. - FOTO: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Monitorando o mercado mesmo com a paralisação dos campeonatos, por conta da pandemia do novo coronavírus, a diretoria do Náutico tem aos poucos intensificado a busca por reforços e já definiu os principais alvos. Já com foco na disputa da Série B, a prioridade do clube é reforçar o elenco do meio para frente. O discurso do vice-presidente Diógenes Braga condiz com as negociações com o meia-atacante Dadá Belmonte e o meia paraguaio Júnior Brítez, confirmadas pelos empresários dos jogadores.

"Agente deve buscar reforçar o time mais do meio para frente. Dentro de um cronograma normal, temos um planejamento de reforçar o time e repor algumas peças, já que a gente vinha sentindo muita dificuldade pelos lados do campo. Eu gosto de pensar além do time, me preocupo muito com as opções durante o jogo, precisamos ter atletas com um nível alto, em grande momento no banco e que mudem o jogo. A gente vinha sentindo falta disso, ter peças de reposição principalmente no ataque, por conta das contusões", explicou Diógenes Braga, no programa Fórum Esportivo, da Rádio Jornal.

Parte da torcida do Náutico tem cobrado a diretoria por reforços para o sistema defensivo, principalmente depois da grave lesão do zagueiro Ronaldo Alves e do número alto de gols sofridos na temporada (média de um gol sofrido por jogo). Apesar de admitir que o time vinha sofrendo no quesito antes da paralisação dos campeonatos, o vice-presidente alvirrubro lembrou dos retornos dos zagueiros Diego Silva e Rafael Dumas, que estavam no departamento médico.

"A gente tem no DM bons reforços, principalmente em relação ao setor de zaga, que a gente vinha sofrendo muito quando os campeonatos pararam. A gente tem dois zagueiros voltando, que já vão estar aptos, é o caso de Diego Silva e Rafael Dumas. Dumas é um zagueiro que vinha evoluindo, a gente vislumbrava até a possibilidade de ser titular, é um zagueiro que vinha de um tempo parado, evoluía bem, mas acabou se machucando", analisou Diógenes.

CAMUTANGA

Além de Diego Silva e Rafael Dumas, Camutanga pode ser outro zagueiro a reforçar o Náutico em breve. O defensor se recupera de uma lesão no ligamento do joelho e a expectativa é que possa voltar a trabalhar com bola em até três meses. Com os retornos dos jogadores que estavam no DM, a contratação de zagueiros não é prioridade da diretoria alvirrubra no momento.

"Quando voltarmos vai estar muito próximo do retorno de Camutanga. Na minha visão, é um zagueiro muito moderno, rápido, seguro, tem uma nível de limitação técnica, mas tem muita voluntariedade, força física, velocidade dele, um senso de cobertura muito bom, é um zagueiro muito eficiente e voltando nos ajuda muito. A gente tem uma intenção dele voltar no começo de maio, então reforçaria bem a defesa", destacou o vice-presidente alvirrubro.

Comentários

Últimas notícias