Camutanga

Camutanga busca condição física ideal para voltar a defender o Náutico

O jogador não entra em campo há mais de nove meses e espera o reinício das competições para adquirir novamente ritmo de jogo

Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 02/07/2020 às 18:51
Notícia
Caio Falcão/CNC
Sete meses depois de passar por cirurgia no joelho, Camutanga treina normalmente junto com o elenco do Náutico - FOTO: Caio Falcão/CNC
Leitura:

Sete meses depois de passar por uma cirurgia para reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, o zagueiro Camutanga está treinando normalmente junto com o elenco do Náutico, mas ainda busca a condição física ideal para poder voltar a jogar. O jogador não entra em campo há mais de nove meses e espera o reinício das competições para adquirir novamente ritmo de jogo. Mesmo ainda com um pouco de receio nos primeiros trabalhos com bolo, o defensor garantiu estar se sentindo bem para voltar a jogar.

"Estou me sentindo bem, o jogador fica um pouco receoso os primeiros trabalhos com bola, por conta do giro, mas no dia a dia estou melhorando, estou bem. Ainda não estou 100%, mas espero ficar logo, o jogador costuma ficar 100% quando começar os jogos, que é quando adquirimos mais ritmo, mas nos treinos já estou mais confiante e agora é só esperando a volta dos campeonatos", avaliou o zagueiro alvirrubro.

Camutanga aproveitou os três meses de paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus para dar continuidade ao tratamento no departamento médico do Náutico. Frequentando o CT Wison Campos diariamente durante o período, o zagueiro conviveu com uma rotina diferente, sem a presença dos demais jogadores do elenco. Totalmente recuperado da lesão, o jogador ressaltou que ainda precisa melhorar a parte técnica devido ao longo período de inatividade.

"Foi um momento difícil para todo mundo. Eu chegava e não tinha os companheiros treinando, muitas vezes vinha trabalhar só. Tive que tirar uma motivação e focar para me recuperar durante esse período da pandemia. Graças a Deus voltei bem junto com todos os atletas e no dia a dia estou melhorando a parte física e técnica que é a mais difícil de melhorar, porque já são quase nove meses sem jogar nenhuma partida. Essa questão precisamos melhorar para quando voltar as competições estar bem e ajudar a equipe", destacou Camutanga.

TITULARIDADE

De vota aos treinos, Camutanga agora vai ter que brigar para reconquistar a titularidade do Náutico. No ano passado, antes de se machucar no primeiro jogo da final da Série C contra o Sampaio Corrêa, o zagueiro era titular absoluto da zaga alvirrubra e vivia um grande momento, sendo uma das peças fundamentais na conquista do acesso à Série B. Além dele, brigam por uma vaga no time os zagueiros Diego Silva, Rafael Ribeiro, Fernando Lombardi e Carlão. Para a Série B, o Timbu ainda deve contar com as voltas de Ronaldo Alves e Rafael Dumas, que se recuperam de lesões.

"É uma briga boa, temos peças para o professor optar quem vai ser os dois titulares que vão jogar. Eu terminei o ano passado bem, mas é um novo ano, tenho que voltar a treinar bem para poder recuperar a vaga, respeitando os meus colegas de posição, que são grandes atletas. O jogador que estiver melhor no dia a dia é quem vai jogar, o professor é quem vai optar pelos dois zagueiros e eu vou trabalhar para buscar a minha posição", destacou Camutanga.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias