Série B

Náutico empata com Cruzeiro fora de casa e garante permanência na Série B

O Timbu precisava de um único ponto para afastar de vez o fantasma do rebaixamento e conseguiu, após empate fora de casa

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 24/01/2021 às 17:56
Notícia

GUSTAVO ALEIXO/CRUZEIRO
O Náutico enfrentou o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela 37º rodada da Série B, do Campeonato Brasileiro. - FOTO: GUSTAVO ALEIXO/CRUZEIRO
Leitura:

O Náutico garantiu a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro para a temporada 2021. Após empate com o Cruzeiro, na tarde deste domingo (24), na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), o Timbu chegou aos 43 pontos e afastou de vez qualquer chance de rebaixamento.

>> ''O Náutico não podia ir para Série C'', diz Hélio dos Anjos após manter o Timbu na Segundona

>> CBF altera última rodada da Série B por causa da final da Copa Libertadores da América

Com um a mais desde o início do jogo, após expulsão do goleiro Fábio do Cruzeiro, o Náutico criou chances de abrir o placar, mas soube administrar o resultado e terminou o jogo empatado em 0x0 com a Raposa. 

O jogo

O Náutico teve dificuldade de trabalhar a bola nos minutos iniciais e viu o Cruzeiro chegando ao ataque com maior volume nos minutos iniciais.

Logo aos dois minutos, Rafael Sóbis chegou pela esquerda de ataque, se esticou para finalizar, mas a bola saiu fraca pela esquerda.

Aos quatro minutos, após longa troca de passes do Cruzeiro, Giovanni fez lançamento para Cáceres na área, mas o goleiro Anderson saiu da meta e fez a defesa.

Quando o relógio marcava sete minutos, um lance que mudou a história do jogo. Kieza saiu de cara com Fábio, o goleiro do Cruzeiro tocou com a mão na bola fora da área e acabou sendo expulso.

Na sequência, Jean Carlos soltou uma bomba na cobrança da falta e a bola tirou tinta da trave.

Com um a mais, o Náutico subiu as linhas, aumentou a posse de bola e começou a trabalhar no campo de ataque. Porém, sem criar grandes chances de perigo ao gol do Cruzeiro.

Aos 19 minutos, Kieza cabeceou, a bola encobriu o goleiro Vitor Eudes, que entrou no lugar de Rafael Sóbis, após a expulsão de Fábio, mas a bola acabou saindo. A arbitragem já marcava impedimento do atacante alvirrubro.

O Náutico continuou apelando às bolas paradas e aos 30 minutos, Jean Carlos bateu falta forte, de longe, obrigando o goleiro Vitor Eudes a fazer uma importante defesa.

Com um a menos o Cruzeiro não conseguiu trabalhar a saída de bola e perdeu bolas para o Náutico em seu campo de defesa. Em uma das poucas finalizações, já aos 43 minutos, Jadson pegou rebote e chutou para longe, sem perigo à meta alvirrubra.

O jogo no primeiro tempo terminou aos 51 minutos com o placar de 0x0.

2º tempo

No segundo tempo, o Náutico foi surpreendido pelo Cruzeiro que tentou pressionar o Timbu nos minutos iniciais. Com um minuto de bola rolando, Matheus Pereira cobrou escanteio, Ramon, do Cruzeiro, cabeceou e obrigou Anderson a fazer uma bela defesa. 

Já aos cinco minutos, Giovanni, do Cruzeiro, chutou forte, do meio da rua. A bola saiu por cima, levando perigo ao gol alvirrubro.

A pressão celeste durou pouco. Após os dez minutos do segundo tempo, o Náutico voltou a avançar as linhas, aumentar a posse de bola e empurrou a Raposa para o campo de defesa.

Quando o relógio marcava 15 minutos do segundo tempo, Vinícius, do Náutico, recebeu pela esquerda e acertou uma bomba no travessão do goleiro Vitor Eudes.

Jean Carlos continuava tentando marcar de longe e, aos 24 minutos, soltou uma bomba, obrigando, mais uma vez, o goleiro do Cruzeiro a fazer a defesa. 

Aos 26, outra chance da equipe alvirrubra. Bryan fez boa jogada pela pela direita, levantou na área e Kevyn cabeceou, com perigo, para fora.

O Cruzeiro tentou puxar contra-ataques, mas parava na boa marcação do Náutico. Assim, o jogo seguiu sem grandes chances de gol até o final.

A partida foi encerrada em 0x0 e o Náutico garantiu a permanência para a Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Ficha do Jogo:

Cruzeiro: Fábio; R. Cáceres, Ramon, Manoel e Matheus Pereira; Adriano, Jadson e Giovanni (Welinton); William Pottker, Airton (Patrick Brey) e Rafael Sóbis (Vitor Eudes).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Náutico: Anderson; Hereda (Kevyn), Rafael Ribeiro; Camutanga e Bryan; Rhaldney, Djavan (Jhonnatan) e Jean Carlos (Ruy); Vinícius (Dadá), Erick (Jorge Henrique) e Kieza.
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Cartões amarelos: Luiz Felipe Scolari, Adriano, Ramon, Airton e William Pottker (CRU); Kieza e Erick (NAU)

Cartões vermelhos: Fábio (CRU).

GUSTAVO ALEIXO/CRUZEIRO
O Náutico enfrentou o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela 37º rodada da Série B, do Campeonato Brasileiro. - FOTO:GUSTAVO ALEIXO/CRUZEIRO

Comentários

Últimas notícias