Timbu

"Acho que não existe dono da posição", afirma Rafinha sobre lateral esquerda do Náutico

Rafinha foi contratado pelo time alvirrubro no começo desta temporada

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 30/04/2021 às 7:43
Notícia
TIAGO CALDAS/NÁUTICO
Rafinha estava no CSA antes de fechar com o Timbu - FOTO: TIAGO CALDAS/NÁUTICO
Leitura:

Apesar de ser o único jogador da posição no elenco, o lateral-esquerdo Rafinha pregou cautela sobre a titularidade no Náutico. A justificativa dele é que existem outros jogadores no elenco que podem desempenhar a função. Nos últimos jogos, durante as partidas, o técnico Hélio dos Anjos tem usado o zagueiro Wagner no setor. Aos 34 anos, Rafinha disputou as últimas cinco temporadas pelo CSA antes de fechar com o Timbu.

"Acho que não existe dono da posição. Estou jogando, mas temos outros atletas que também podem atuar na função: Adriel, Marciel, Bryan. Temos vários jogadores, não tem essa. Estou procurando jogar melhor a cada partida para satisfazer o professor Hélio dos Anjos", afirmou o lateral.

LEIA MAIS

> Balanço financeiro: Náutico teve déficit maior em 2020 e também viu dívidas aumentarem

> Veja quem são os pendurados de Sport e Náutico para o Clássico dos Clássicos

> Após nove contratações, Náutico fecha primeiro ciclo de reforços

No empate de segunda-feira, contra o Afogados, Rafinha foi o autor das assistências dos dois gols do Náutico na partida, ambos em cruzamentos. Qualidade que ele revelou que é oriunda de muito trabalho. "Estou procurando evoluir cada vez mais. Tudo que envolve batida na bola é precisa repetir bastante. Busco sempre melhor. Nesse jogo, ainda tiveram outros lances. Vou continuar trabalhando para acertar mais e mais", comentou.

"Acho que estou evoluindo aos poucos desde a minha chegada, pois envolve muita coisa: a chegada, a adaptação, o ritmo de jogo, a condição física. Estou procurando melhor na parte tática, além de aperfeiçoar as minhas principais características que são a bola parada e o cruzamento", completou Rafinha.

O lateral-esquerdo disputou seis das oito partidas do Náutico na temporada. A estreia dele aconteceu na vitória por 3x1 em cima do Vitória das Tabocas, no dia 21 de março, nos Aflitos. Ele passou pouco mais de 20 dias aprimorando o condicionamento físico para poder entrar em campo pelo time alvirrubro.

Comentários

Últimas notícias