SÉRIE B

Náutico: Hélio dos Anjos projeta cerca de 60% das equipes da Série B brigando pelo acesso

Treinador do Timbu destacou que somar pontos nesse início é importante porque, mais adiante, as demais equipes vão subir de produção

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 12/06/2021 às 19:20
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Treinador destacou que o Náutico projeta se manter nessa briga. - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Em campeonato de pontos corridos, quanto mais o time soma, melhor. E o Náutico tem feito bem o seu dever de casa e também fora de casa. Em três rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, teve três vitórias, somando nove pontos e se mantendo nas primeiras classificações da tabela. O Timbu arranca bem neste início e agrada o técnico Hélio dos Anjos, que prevê uma competição equilibrada.

Por mais de uma oportunidade, o treinador alvirrubro afirmou que somar pontos no início da competição é importante porque, mais na frente, as demais equipes vão subir de produção. Na entrevista após a vitória sobre o Guarani, na última sexta-feira (11), ele voltou a destacar este aspecto."Tem que tentar buscar esses pontos para ter crédito na hora que todos os times vão subir de produção", disse.

A Série B está só no começo, mas a projeção da comissão técnica do Náutico é de que, por volta da 10ª rodada, seja possível começar a ter uma ideia das equipes que vão brigar pelo acesso. Na opinião de Hélio, nesta altura do campeonato, cerca de 60% das equipes estarão no páreo.

"Eu acredito que o campeonato vai ser super equilibrado. Eu acho que vai projetar, sim, mas não vai projetar quatro, cinco, seis equipes. Na 10ª rodada vai ter uma projeção ai de uns 60% das equipes brigando, um número de 12 equipes, então por isso que tem que ter consistência, por isso que, nesse início, tem que arrancar mesmo", defendeu.

Para continuar entre as equipes de brigam no topo, o Náutico precisa manter o bom desempenho que tem neste início de competição. Os próximos adversários do Timbu são o Vila Nova, na próxima terça-feira (15) e o Botafogo, no domingo (20), com ambos os jogos no estádios dos Aflitos.

"Não estou esperando facilidade nenhuma no jogo contra o Vila e no jogo contra o Botafogo dentro de casa. Mas, acima de tudo, a gente sabe que o Náutico está projetando ficar na frente. O Náutico hoje está entre os quatro e o que nós temos que fazer agora é nos manter. Agora não é simples manter entre os quatro, principalmente com o nível que está tendo esse campeonato", completou.

Comentários

Últimas notícias