100% DE APROVEITAMENTO

Náutico enfrenta Vila Nova de olho em se manter na liderança da Série B

O Timbu fez três jogos e garantiu três vitórias na Série B até agora

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 15/06/2021 às 8:23
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Com nove pontos, o Timbu inicia a rodada na liderança da competição. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Náutico chega à quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro embalado por uma grande fase. O Timbu é o líder da competição, com nove pontos - foram três jogos e três vitórias. Empatado em pontos com o Brusque, segundo colocado, o alvirrubro deve ao setor defensivo o primeiro lugar, já que tomou apenas um gol até agora, um a menos que o Brusque, e por isso ocupa a liderança.

Para manter este início de competição praticamente impecável, a equipe comandada pelo técnico Hélio dos Anjos mira uma nova vitória, desta vez contra o Vila Nova, no estádio dos Aflitos, às 19h, desta terça-feira (15).

Assim como o Náutico, o Vila Nova ainda não perdeu nesta Série B, no entanto, não tem uma campanha tão boa quanto a do alvirrubro pernambucano. A equipe goiana teve dois empates, 1x1 com o Botafogo, na estreia, e também 1x1 com o Avaí, na segunda rodada. Na rodada passada, contra o CSA, garantiu o placar de 1x0, anotou a primeira vitória e é o sexto colocado, com cinco pontos.

Para continuar aparecendo nas primeiras posições da tabela, a equipe alvirrubra não abre mão de estar em constante melhora. "Existe a melhora jogo a jogo, que é condicionada aquilo que o adversário apresenta de situações para a gente, cria de dificuldade, propõe a que nós erremos e isso a gente procura melhorar a cada vez que esses adversários vão propondo circunstâncias diferentes para tentar sair da nossa marcação, para tentar quebrar as nossas linhas, a nossa pressão e também tem a melhora já pensando no nosso jogo, a gente mais com a bola. E essa melhora ela é fundamental para que a gente continua tendo o mesmo tipo de atuação", explicou o auxiliar técnico do Náutico, Guilherme dos Anjos.

Trabalhando essa melhora e evolução do time, o Náutico deve repetir a equipe que iniciou o jogo contra o Guarani e que terminou com vitória por 3x1 para o Timbu. De acordo com Guilherme, a escalação não deve ter surpresas e, possivelmente, será a mesma equipe.

DJAVAN E KIEZA

Para este jogo, a equipe comandada pelo técnico Hélio dos Anjos poderá contar com o atacante Kieza recuperado de uma pancada no tornozelo, mas, até o momento, o volante Djavan segue como dúvida e provável desfalque.

Djavan já esteve de fora da última partida do Timbu, realizada na sexta-feira (11), contra o Guarani, em Campinas, quando o alvirrubro saiu com a vitória por 3x1. Djavan sentiu dores no músculo posterior da coxa esquerda ainda durante a partida contra o Vitória, na segunda rodada, realizada na segunda-feira (7), em Salvador. O jogador passou por exames, foi diagnosticado com um edema muscular e segue sob os cuidados do Departamento Médico. Até o momento, o jogador é dúvida para a partida.

"O Djavan é uma questão que foge da nossa alçada, né? É uma determinação do Departamento Médico. Se ele estiver apto, o DM vai nos liberar, caso contrário, não", disse Guilherme dos Anjos, auxiliar-técnico do Náutico. Assim como na partida contra o Guarani, o provável substituto de Djavan é o volante Matheus Trindade. A atuação dele contra o Bugre agradou a comissão técnica alvirrubra e o credenciou para repetir a dose.

"Ele fez um grande jogo em todos os aspectos - físico, técnico, tático. No aspecto técnico ele ainda demorou um pouco para entrar no jogo e isso é normal para os atletas que não estão no mesmo ritmo coletivo da equipe. Tecnicamente, ele foi um pouquinho lento em duas, três situações do primeiro tempo e isso foi corrigido no intervalo. Já taticamente, fisicamente, ele fez um jogo acima da média. É um jogador que percorreu 11,5km e teve um número de ações excelente. Um atleta que soube muito bem se posicionar na pressão ofensiva. Salvo engano, ele errou duas vezes na pressão, o que é totalmente natural, a gente tem como média na posição errar de três a quatro vezes, então, tudo dentro daquilo que a gente esperava do atletas porque ele vem fazendo treinamentos excelentes. O Trindade é um belíssimo jogador", detalhou Guilherme.

Na mesma entrevista, o auxiliar alvirrubro também foi questionado sobre a confirmação de Kieza para o jogo e, sucintamente, disse que o atacante está 100% recuperado e vai para o jogo. Com isso, a torcida do Náutico pode esperar uma escalação sem surpresas e semelhante à que iniciou a partida contra o Guarani.

Ficha do jogo:

Náutico: Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Matheus Trindade, Rhaldney e Jean Carlos; Vinícius, Kieza e Erick. Técnico: Hélio dos Anjos.

Vila Nova: Georgemy; Pedro Bambu, Renato, Walisson Maia e Willian Formiga; Deivid, Arthur Rezende (Éder) e Renan Mota; Cardoso, Henan e Kelvin. Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio dos Aflitos

Horário: 19h

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (AL).

Assistentes: Lennon Maccartney Farias e Wagner José da Silva (ambos de AL).

Comentários

Últimas notícias