Planejamento

Mesmo sem data para volta aos treinos, Santa Cruz planeja protocolos de saúde

Departamento médico coral vai alinhando os padrões a serem seguidos quando as autoridades de saúde liberarem a volta dos clubes às atividades normais em Pernambuco

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 23/05/2020 às 9:25
Notícia
LEO MOTTA/JC IMAGEM
Futebol segue sem previsão de retorno. - FOTO: LEO MOTTA/JC IMAGEM
Leitura:

O Santa Cruz já vem estudando como montar o esquema de volta para os treinos. Obviamente, ainda não há nenhuma data estimada pelas entidades de saúde de Pernambuco para que o futebol possa retornar durante a pandemia do novo coronavírus, mas o clube se planeja para a chegada deste momento. No Brasil, os exemplos de como esse processo tem sido feito começam pelo Rio Grande do Sul, com Grêmio e Internacional, que retomaram as atividades nos dias 7 e 5 de maio, respectivamente. Ambos seguindo protocolos rígidos e até iniciaram, nesta semana, os trabalhos com bola. No Rio de Janeiro, apesar da determinação da Prefeitura carioca, o Flamengo já realiza treinamentos com seu elenco no CT Ninho do Urubu.

“O Santa Cruz continua com a ideia e o objetivo que só voltará às atividade físicas e desportivas quando estiver liberado pela Secretaria de Saúde. Mas, enquanto isso, nós precisamos e estamos efetuando, juntamente com os departamentos técnico, físico, diretoria de futebol e coordenação do departamento médico, os protocolos de volta. Nós precisamos fazer isso para quando tivermos a data de volta, já estaremos preparados”, comentou o diretor médico do Santa Cruz, doutor Antônio Mário, em entrevista à Rádio Jornal

Aqui em Pernambuco, com o número crescente de casos de covid-19 a cada dia, ainda está difícil de se estipular uma data de retorno. Desta maneira, o departamento médico do Santa Cruz vai “amarrando” conversas com os órgãos responsáveis, médicos de outros clubes e grupos de profissionais para que se chegue a uma ideia padrão a ser seguida, dentro dos contexto imposto pelo novo coronavírus.

“De forma geral, estamos atentos aos movimentos, o que tem acontecido de protocolos e procedimentos nesses clubes que voltaram à atividades, inclusive no ponto de vista internacional. O Brasil é um país muito grande, cada estado está passando por seu momento e em Pernambuco está difícil. Então não podemos nos espelhar no momento de reabertura dos outros clubes. Temos que pensar na realidade de Recife, de Pernambuco, para que a gente possa, através de trocas que nós temos feitos com colegas e profissionais da área médica, médicos de clubes que temos amizades e grupos que trocamos experiências nesse período, ter ideias e sugestões”, acrescentou.

Procedimentos a serem tomados 

O Tricolor mantém o mesmo posicionamento, de voltar apenas quando for seguro. A Federação Pernambucana de Futebol estipula o mês de julho para o reinício do Estadual, mas a data ainda não é fixa. O protocolo padrão feito pelos clubes brasileiros que já retomaram, e os internacionais - como os da Alemanha, onde a Bundesliga já retornou - requer distanciamento entre os atletas, com treinos em pequenos grupos, testagem em massa de jogadores e funcionários dos clubes, entre outros procedimentos. 

“Inicialmente com treinos individualizados, testagem no máximo de pessoas envolvidas no processo, com grupos pequenos e em horários separados, utilizando as dependências que serão previamente desinfectadas e será passada por esse procedimento toda vez que for feita uma atividade física. Tomando cuidado também com os equipamentos individuais, com possível troca e tomada de banho em casa, com orientações do ponto de vista de vigilância sanitária constante. Isso faz com que a gente se antecipe no planejamento de um retorno e, mais do que isso, vamos ficar à mercê de um calendário que não sabemos quais as competições que iremos jogar, em quais dias e horas”, encerrou o doutor Antônio Mário.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias