Retorno

Santa Cruz se prepara para volta do futebol, mas aguarda o cenário de saúde

Enquanto aguarda um cenário positivo nos próximos dias o Santa Cruz trabalha internamente para receber os jogadores e todos os profissionais envolvidos na volta do futebol

Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 01/06/2020 às 19:38
Notícia
LEO MOTTA/JC IMAGEM
Santa Cruz se programa para voltar aos treinos no dia 15 de junho - FOTO: LEO MOTTA/JC IMAGEM
Leitura:

Depois do Governo de Pernambuco divulgar o plano de flexibilização das atividades, o Santa Cruz já se prepara para o retorno dos treinos de futebol programados para o dia 15 de junho. Apesar da sinalização positiva, no entanto, o clube vai aguardar como vai se comportar o cenário de saúde nos próximos dias no estado. Nesta segunda-feira, foram registradas 68 mortes de pessoas por covid-19 e mais de 450 casos de pacientes infectados com o novo coronavírus em Pernambuco.

"Essa é uma projeção que só vai ser confirmada no dia a dia. O clube vai tomar todas as medidas necessárias, nós já estávamos nos preparando para essa possível retomada, através de condutas de controle próprias do clube. Sabemos que essas medidas vão ser necessárias, mas ainda estaremos aguardando a confirmação da liberação por parte da da secretaria estadual de saúde. Enquanto isso o Santa Cruz se prepara e trabalha internamente para receber os atletas e todos envolvidos nesse processo de retomada da atividade física", avaliou o diretor médico Antônio Mário.

Com relação ao retorno das competições, o Santa Cruz aguarda o posicionamento da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para a comissão técnica intensificar a preparação e o planejamento. Ainda sem datas para a volta oficial dos jogos e com o calendário do futebol brasileiro indefinido, Antônio Mário acredita que os clubes precisam ter no mínimo três semanas de treinamentos para recondicionar fisicamente todo o elenco de jogadores.

TESTES

Com o retorno do futebol se definindo, o Santa Cruz passa a se preocupar agora com os testes para identificar a covid-19 dos profissionais envolvidos no retorno dos treinamentos. Os custos dos testes variam entre R$ 250 e R$ 350. A princípio, os clubes teriam que arcar com testagem, já que (FPF) não deu nenhuma sinalização a respeito. De acordo com o diretor médico do Tricolor, os testes são imprescindíveis para garantir a segurança na volta das atividades.

"O departamento médico do Santa Cruz entende que a testagem é uma condição fundamental para nos dá uma segurança de voltar às atividades. Vemos os testes de todos os profissionais envolvidos como prioridade. Vamos determinar um número mínimo suficiente de pessoas envolvidas nesse processo para a gente ter uma condição de trabalho que possa render, mas que a gente tenha o controle e vamos testar todos eles para que a gente não corra riscos maiores", explicou Antônio Mário.

De acordo com o vice-presidente Tonico Araújo, no entanto, a diretoria do Santa Cruz não tem condições financeiras de bancar a compra dos testes da covid-19. "Não temos condições para isso. O Santa Cruz está atrasado com relação a comissão técnica e os jogadores, tivemos que fazer uma cota para ajudar, um grupo de empresários nos deu uma bela ajuda e conseguiu R$ 90 mil para o Santa Cruz, mas não podemos ficar dependendo disso", revelou Tonico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias