entrevista

Com regulamento diferente, presidente do Santa Cruz agradece CBF e revela árbitros 'cascudos' na reta final da Série C

Constantino Júnior concedeu entrevista a Rádio Jornal sobre o quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série C

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 11/12/2020 às 19:52
LÉO MOTTA/ JC IMAGEM
Constantino Júnior é o presidente do Santa Cruz. - FOTO: LÉO MOTTA/ JC IMAGEM
Leitura:

O presidente executivo do Santa Cruz, Constantino Júnior, confirmou que esteve na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e revelou que houve a promessa da Comissão de Arbitragem para que os jogos do quadrangular do acesso da Série C tenham árbitros experientes. Além disso, o atual mandatário do clube coral agradeceu à entidade por aceitar a proposta de mudança no regulamento da Terceira Divisão. As declarações foram dadas em entrevista, nesta sexta-feira (11), ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

> Veja a fase decisiva da Série C no canal por streaming Danz

‘’Tivemos na CBF, primeiramente, para agradecer o voto e confiança que foi dado a sugestão de alguns clubes e capitaneado pelo Santa Cruz de mudança na fórmula de disputa, que enriquece a competição e deixa a meritocracia latente. O mata-mata é um jogo de sorte (...) É importante que a gente premie a regularidade. Claro que o cenário ideal seria de 38 rodadas, mas já é um primeiro passo para isso. Tivemos lá também para ver a questão da logística da Série C. Foi uma conversa proveitosa com o presidente Rogério Caboclo e o secretário-geral Walter Feldman’’, disse Constantino Júnior.

A mudança na fórmula de disputa do Campeonato Brasileiro da Série C atingiu, especificamente, a segunda fase da competição nacional. Enquanto a primeira fase seguiu dividida em dois grupos de dez clubes, a fase que vale o acesso deixou de ser jogos de ida e volta, para ter duas chaves com quatros equipes cada. No atual modelo, os líderes desses grupos garantem o acesso e disputam o título da Terceira Divisão. A mudança aconteceu antes do início da atual edição.

> TV Jornal transmitirá os dois jogos do Santa Cruz pela Pré-Copa do Nordeste 2021

Vale lembrar que os critérios de desempate são os seguintes: Maior número de vitórias; maior saldo de gols; maior número de gols pró; confronto direto; menor número de cartões vermelhos recebidos; menor número de cartões amarelos recebidos; sorteio. Confira abaixo a entrevista na íntegra.

Promessa de árbitros experientes

Sem citar o que motivou a conversa com o Leonardo Gaciba, atual chefe de arbitragem da CBF, mas dando a entender que o objetivo é evitar o máximo de erros possíveis nas partidas, o presidente do Santa Cruz contou que, a cada rodada do quadrangular da Série C, os árbitros serão mais experientes devido à importância dos confrontos.

‘’A gente teve uma conversa com Leonardo Gaciba e o critério foi adotado para árbitros que estão apitados na Série B e que tenham uma capacidade de projeção grande. Nesta primeira rodada, são quatros árbitros na mesma proporção e não vai deixar de existir critério. Na próxima rodada, serão árbitros mais ‘cascudos’ e isso conforme o campeonato for afunilando pelo que foi falado pela comissão de arbitragem’’, afirmou.

Grupo 1:

Santa Cruz

Vila Nova

Ituano

Brusque

Grupo 2:

Remo

Paysandu

Ypiranga

Comentários

Últimas notícias