2ª rodada

De olho em primeira vitória na Copa do Nordeste, Santa Cruz recebe o ABC no Arruda

O Tricolor do Arruda perdeu na estreia da competição para o Vitória, por 2x0

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 06/03/2021 às 19:30
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Santa Cruz mira chegar em fases decisivas de competições que está disputando. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Santa Cruz estreou na Copa do Nordeste com derrota por 2x0 para o Vitória da Bahia e, com o pior saldo de gols, atualmente ocupa a lanterna do Grupo A. A chance de começar a mudar este cenário é contra o ABC, neste domingo (7), às 16h, no Arruda. Apesar de ter pedido na primeira rodada do Nordestão, o Santa vem de empate no Estadual, já que na última quarta-feira (3), empatou com o Central em 1x1, pela 2ª rodada do Pernambucano, em Caruaru. 

Para este jogo, o técnico do Santa Cruz, João Brigatti, poderá contar com força máxima e deixa duas dúvidas para a escalação, sendo uma no gol e outra na lateral-esquerda. O goleiro Martin Rodriguez, recém-contratado, teve o nome publicado no BID da CBF na noite da última sexta-feira (5) e pode estrear pelo Tricolor. No entanto, Brigatti não sinalizou se começará a partida com Jordan ou com Martin. Na lateral, o atleta Leonan está recuperado de lesão e também pronto para voltar a campo. 

A equipe coral vai encontrar um adversário que vem de uma sequência de dois empates por 1x1, sendo o primeiro deles na estreia da Copa do Nordeste, contra o Ceará e o segundo contra o Força e Luz, na segunda rodada do Potiguar. O ABC é o sexto colocado no Grupo B da competição regional. 

Enquanto o Santa Cruz poupou jogadores titulares na partida do Pernambucano no meio da semana, o ABC colocou força máxima em campo na última quinta-feira (4), na sua competição estadual. Na análise do zagueiro William Alves, o rodízio feito no elenco coral faz parte da estratégia para atenuar o desgaste da temporada e não afetar tanto o rendimento da equipe. 

"Cada equipe vai usar uma estratégia diferente dentro das competições que tem. A gente sabe que o acúmulo de jogos no começo do ano é grande, a gente precisa de um elenco grande, que possa rodar jogadores e quando tem uma sequência de muitos jogos, com os mesmos jogadores, afeta o rendimento da equipe porque o jogador não é uma máquina", disse. 

William acrescentou ainda que o técnico João Brigatti deve tentar fazer esse rodízio no elenco sempre que possível, mas sempre tentando deixar a equipe viva em todas as competições que disputa - Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. "Todas as competições são importantes para o Santa Cruz. Em todas a gente tem que tentar chegar nas fases decisivas", pontuou. 

Vencer o ABC é dar um passo no caminho até essas fases decisivas. Para isso, o Santa também precisa focar na correção de erros e em não repetir a atuação apagada que teve diante do Vitória. O zagueiro tricolor torce para que o fator casa seja um aliado do time neste momento, mesmo sem torcida. 

"A gente sabe que precisa prevalecer o mando de campo porque a Copa do Nordeste é um competição de tiro curto, então a gente tem que somar esses pontos dentro de casa. A gente sabe que tem pontos a evoluir dentro da nossa equipe e a gente vai fazer isso tanto nos treinamentos quanto nos jogos, mas mais uma vez enfatizando, não temos esse tempo para estar treinando e melhorando esses pontos, mas a gente vai ter essa evolução nos jogos e isso passa por esse jogo do ABC", completou. 

Ficha do jogo: 

Santa Cruz: Jordan (Martin Rodriguez); William Alves, Danny Morais e Célio Santos; Augusto Potiguar, Ítalo Henrique, Paulinho, Didira e Leonan (Eduardo); Chiquinho e Pipico. Técnico: João Brigatti. 

ABC: Welligton; Netinho, Helitão, Vinícius e Victor; Janderson, Valderrama, Marcos e Maycon D; Wallyson e Willian. Técnico: Silvio Criciuma. 

Local: Estádio do Arruda, Recife. 

Horário: 16h

Árbitro: Maykon Matos Nunes (MA)

Assistentes: Elson Araujo da Silva (MA) e Raelson Almeida (MA)

Comentários

Últimas notícias