Leão

Sport define protocolo e quer jogadores no Recife antes do dia 15 de junho

Sport vai encaminhar protocolo de retorno aos membros do departamento médico nesta terça-feira

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 01/06/2020 às 21:40
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Até a paralisação, Luan Polli era titular no gol do Sport - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O Sport já comunicou aos jogadores que eles devem voltar para o Recife antes do dia 15 deste mês de junho. Isso porque a ideia do Leão é realizar as testagens da covid-19 com os atletas, comissão técnica e demais funcionários antes da data. Prazo que a partir de então o Governo de Pernambuco liberou para os times voltarem aos treinamentos no Estado e o clube vermelho e preto não quer perder tempo. Em entrevista ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o diretor médico rubro-negro Stemberg Vasconcelos revelou que o protocolo para a volta dos treinos está pronto e vai ser distribuído para o departamento de futebol nesta terça-feira. Vice-presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Murilo Falcão disse na noite desta segunda-feira à Rádio Jornal que a entidade vai "oferecer" testes aos times.

LEIA MAIS

Futebol em Pernambuco terá redução de funcionários

Treinos de futebol profissional podem voltar dia 15 de junho em Pernambuco

Maílson lamenta atraso do Brasil no combate à covid-19, mas mantém esperança

"O protocolo já está pronto. Vamos divulgar amanhã (terça-feira) para os jogadores, comissão técnica e funcionários. Todos envolvidos no futebol serão testados antes do dia 15/06. Só estamos aguardando para alinhar com a Federação a divisão dos custos dos testes. Basicamente, vai consistir em testar todos os jogadores e dividir em grupos: quem já teve contato com a doença e quem não teve. Pode ser que seja detectados alguém com a doença Esse, claro, vai ser afastado pelo período de 14 dias e depois iremos refazer os testes para avaliar", afirmou Stemberg.

"Além disso, a obrigatoriedade de seguir as medidas preventivas: álcool em gel, restrição de pessoas que não forem essenciais para o trabalho, funcionários em grupo de risco não irão trabalhar, uso permanente da máscara, claro que não para os jogadores em treinamento, distanciamento social. E tudo mais. Isso inicialmente. Depois com os treinos táticos, vamos aumentar o número de testes e o rigor no protocolo", completou o médico.

Paralisação

Quase todos os departamentos do Sport estão paralisados desde o dia 17 de março. A última partida aconteceu dois antes antes na derrota para o Ceará pela penúltima rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. Com a volta, a direção rubro-negra também vai precisar lidar com os atrasos salariais do elenco. Os jogadores e comissão técnica estão com os vencimentos de março e abril atrasados, além de alguns casos do grupo diante da não uniformidade de pagamento do Leão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias