Leão

Rithely recebe proposta, não se apresenta e negocia saída do Sport

Sport retomou treinos nesta segunda-feira após paralisação de três meses

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 15/06/2020 às 18:42
Notícia
ANDERSON STEVENS/SPORT
Rithely voltou ao Sport após duas temporadas em baixa no Internacional - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

O volante Rithely recebeu uma proposta para deixar o Sport e pode sair do Leão antes mesmo do retorno dos jogos nesta temporada. Tanto que não se apresentou nesta segunda-feira para o início dos treinos após a paralisação de quase três meses por causa da pandemia do novo coronavírus. O presidente rubro-negro Milton Bivar confirmou a negociação, mas preferiu não entrar em detalhes em entrevista ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor.

"Apareceu uma proposta para ele, o procurador dele (Roberto Faustim) passou para a gente e estamos no aguardo", afirmou o mandatário rubro-negro.

LEIA MAIS

Cumprindo os protocolos de saúde, Sport realiza o 1º treino após a paralisação

Sport volta às atividades noventa dias depois do último jogo

Atacante Guilherme distribui cestas básicas e kits de higiene aos funcionários do Sport

Procurado pela reportagem, Rithely comentou apenas rapidamente o assunto. Ele tem contrato até 2022 com o Sport. "Essa situação quem está resolvendo é meu empresário", contou cabeça de área, que realizou os testes da covid-19, quinta-feira, no mutirão promovido pelo time.

Depois de duas temporadas emprestado ao Internacional, o volante retornou ao Leão em janeiro longe do condicionamento físico ideal devido ao longo período no departamento médico e apenas 16 partidas pelo clube gaúcho. O que resultou em apenas nove participações dos 16 duelos do Sport antes do período de inatividade do futebol.

Acordo

Neste ano, já no Sport, o volante Rithely foi protagonista em um acordo pouco visto no mundo da bola com o clube rubro-negro. Em troca de permuta, o Leão pagou R$ 1 milhão da dívida de R$ 7,5 milhões com os agentes do jogador referente a compra de 50% dos direitos econômicos do atleta em 2017. Assim, além desse antigo débito, a direção também precisa negociar os salários atrasados deste ano.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias