Leão

Juninho entra em acordo, acerta saída do Sport e vai defender clube da Bulgária

Rescisão de Juninho com o Sport foi publicada no BID da CBF

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 14/09/2020 às 20:22
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Juninho surgiu no profissional do Sport em 2016 - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Cria da base, o atacante Juninho não é mais jogador do Sport. Ele entrou em acordo com o Leão para rescindir o contrato e acertou com o FC Arda Kardzhali. O novo clube dele disputa a Primeira Divisão da Bulgária e ambas as partes acertaram o vínculo por dois anos. O contrato do atleta com o clube rubro-negro era até o fim da próxima temporada.

"O jogador já viajou, se apresentou e vai fazer os exames médicos para assinar o contratar. Para acertarmos a ida dele de forma definitiva, fizemos um acordo com o Sport, abrimos mão de uma dívida e o clube ficou com 20% dos direitos econômicos dele. Ele está muito feliz com a negociação e a nova oportunidade", afirmou o empresário Endrigo Thyciano.

LEIA MAIS

> Da organização coletiva à competitividade: efeito Jair Ventura ressurge o Sport na Série A

> Sport encara sequência de jogos na Ilha do Retiro depois de duros desafios fora de casa

> Com Marquinhos suspenso, Rogério e Venuto podem surgir no Sport

> “Acho que a arbitragem não foi bem”, afirma capitão do Sport

Juninho, inclusive, teve a rescisão publicada nesta segunda-feira no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nas redes sociais pessoais, o atacante já postou imagens na Europa. Sem espaço no Sport, ele foi emprestado ao Guarani, e desde a volta durante a paralisação no futebol provocada pela pandemia do novo coronavírus, as tratativas estavam em andamento.

A reportagem do Jornal do Commercio e Blog do Torcedor tentou entrar em contato com o presidente rubro-negro Milton Bivar, mas não obteve sucesso. Até o fechamento desta matéria, o clube não se pronunciou sobre a transferência.

O atacante Juninho surgiu no time profissional do Sport em 2016 como grande promessa. No ano seguinte, ele conseguiu uma sequência positiva, disputou 30 jogos e marcou seis gols. No entanto, nas outras temporadas, não manteve a performance. Além disso, começou a ser protagonista em casos de indisciplina. Ainda mais após ser indiciado por injúria, ameaça e agressão contra a ex-namorada em 2017.

Esse problema judicial atrapalhou a ida de Juninho para outros clubes do Brasil. Ele quase chegou a ser negociado com o Corinthians, mas depois de grande protesto nas redes sociais, o clube paulista desistiu do acerto poucas horas depois do atleta desembarcar em São Paulo.

Além de Sport e Guarani, Juninho chegou a vestir a camisa do Ceará, mas só disputou cinco partidas. Na capital pernambucana pelo Leão, o atacante ainda se envolveu em outras polêmicas: confusão em uma boate no Recife, que terminou na delegacia, e desentendimento com o técnico Nelsinho Baptista. Na segunda passagem do treinador campeão da Copa do Brasil, o jovem jogador chegou a recusar ser relacionado para uma partida.

OUTRA RESCISÃO

Quem também teve a rescisão publicada no BID, nesta segunda-feira, foi o ex-técnico Daniel Paulista. Ele acertou o fim do vínculo de forma amigável com o Sport. O treinador foi demitido na quinta rodada do Brasileirão antes da chegada do atualmente comandante Jair Ventura.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias