Ilha do Retiro

Sport publica nota em apoio a Gil do Vigor e garante que providências serão tomadas

Torcida rubro-negra se revoltou nas redes sociais e pediu exclusão do conselheiro

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 14/05/2021 às 19:50
Notícia
ANDERSON STEVENS/SPORT
Gil do Vigor ao lado do vice-presidente Carlos Frederico em visita na Ilha do Retiro, na quarta-feira, um dia antes dos 116 anos do clube - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

O Sport publicou, na noite desta sexta-feira (14), uma nota em apoio ao economista pernambucano e ex-Big Brother Brasil, Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor. Mais cedo, fora-se vazados áudios do conselheiro do clube, Flávio Koury, dando declarações com tom preconceituoso sobre a dancinha feita pelo ex-BBB em visita à Ilha do Retiro.

As falas de Koury repercutiram negativamente na internet e os rubro-negros cobraram um posicionamento do clube e a exclusão do conselheiro.

LEIA MAIS

> Conselheiro do Sport diz que áudios falando sobre Gil do Vigor foram tirados de contexto

> Vice-presidente do Sport publica nota em apoio a Gil do Vigor

> Falas de conselheiro sobre Gil do Vigor revoltam torcida do Sport, que pede sua expulsão

A nota publicada pelo clube no Twitter teve tom semelhante à do vice-presidente executivo do clube, enviada por ele à imprensa, mais cedo nesta sexta-feira. “O Sport Club do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport”, escreveu. O clube também garantiu, na publicação, que está tomando todas as providências para que “qualquer ato de preconceito seja devidamente penalizado”.

Além do próprio clube e seu vice-presidente, o presidente Milton Bivar publicou a mesma nota em sua conta pessoal no Twitter.

 

Mais cedo, também em contato com a reportagem do JC e Blog do Torcedor, o presidente do Conselho Deliberativo do Leão, Pedro Lacerda, frisou que os áudios de Flávio Koury não foram enviados em um grupo oficial do Conselho, uma vez que este é bloqueado para o envio de mensagens e apenas a diretoria publica conteúdos como pautas e convocações de reuniões.

"O fato ocorrido não se deu dentro de um ambiente, físico ou virtual, do Sport Club do Recife, do seu Conselho Deliberativo. Quanto ao fato em si, o Conselho só pode tomar qualquer tipo de iniciativa uma vez que receba uma representação por escrito de um conselheiro e que seja protocolada em nossa secretaria", afirmou.

Pedro acrescentou também que, caso uma representação deste tipo seja feita, a presidência do Conselho Deliberativo analisará e procederá conforme o estatuto e regimento interno do Sport.

Eduardo Carvalho, candidato à presidência do Sport nas eleições para o biênio 2021/2022, que terminou com vitória da chapa de Milton Bivar e Carlos Frederico, também se manifestou sobre o caso. Ele enviou à reportagem, espontaneamente, o seu posicionamento também por meio de nota.

"O Movimento Uma Razão Para Viver condena, com veemência, todo e qualquer tipo de preconceito. Urge que o Sport Club do Recife adote as medidas mais contundente, de forma a combater qualquer tipo de fobia e preconceito, punindo de forma exemplar todos aqueles que pratiquem atos atentatórios à dignidade do próximo", disse.

Comentários

Últimas notícias