COLUNA DO ESTADÃO

Inflação pode anular efeito eleitoral do Auxílio Brasil, avaliam parlamentares da base do governo Bolsonaro

Apesar de o núcleo mais restrito do governo e os fãs de Jair Bolsonaro vislumbrarem a recuperação dele nas pesquisas, o desempenho eleitoral do presidente ainda é motivo de desconfiança entre parlamentares da base governista de centro-direita

Alberto Bombig
Alberto Bombig
Publicado em 10/12/2021 às 7:00
EVARISTO SA / AFP
"Se eu fosse para qualquer partido, eu seria criticado", disse Bolsonaro - FOTO: EVARISTO SA / AFP
Leitura:

Apesar de o núcleo mais restrito do governo e os fãs de Jair Bolsonaro vislumbrarem a recuperação dele nas pesquisas, o desempenho eleitoral do presidente ainda é motivo de desconfiança entre parlamentares da base governista de centro-direita. Reunidos recentemente em Brasília, alguns expoentes desse grupo avaliaram que Bolsonaro terá dificuldades a partir de março, data considerada crucial para se ter uma ideia das projeções sobre o resultado das urnas no segundo semestre. Para eles, a transferência direta de R$ 400 não produzirá o mesmo efeito do Bolsa Família na era Lula: o brasileiro está ganhando em real e gastando em dólar, gosta de dizer um político bem experiente desse grupo.

TCHAU

Se essa previsão se confirmar, Bolsonaro deverá enfrentar uma debandada de apoiadores, especialmente nas Regiões Norte e Nordeste, onde a transferência direta de renda será a principal arma eleitoral do presidente.

2022 É LOGO ALI

Parlamentares cresceram o olho para um almoço agendado pela Frente do Empreendedorismo com os ministros Tarcísio de Freitas e Rogério Marinho em Brasília. Mais de 50 deputados e senadores já confirmaram presença no evento que ocorre só na terça, 14, com o cara "das obras" e o "das emendas"

MÉTODO

As reuniões têm sido a principal aposta da frente para mobilizar o meio político em prol de temas ligados ao empreendedorismo e à desburocratização e, como um "think tank", gerar dados para embasar projetos e discussões nas comissões legislativas.

É ASSIM

"O objetivo da frente é reunir vozes para melhorar o ambiente de negócios no País e fazer esse debate com o governo. A frente nasceu para reunir o Brasil real e o Brasil que legisla", disse o deputado Marco Bertaiolli (PSD-SP), presidente da frente.

NA MIRA

Depois da aprovação da desoneração da folha, o próximo foco da frente é aprovar, na Comissão de Finanças, o relatório de Marco Bertaiolli para ampliar o limite de receita para microempreendedores individuais (MEI), passando de R$ 81 mil para R$ 138,6 mil, e para microempresas, de R$ 360 mil para R$ 415 mil.

GOTA...

O diretor metropolitano da Sabesp, Ricardo Borsati, foi escalado para prestar esclarecimentos sobre suposta falta de isonomia em medidas para reduzir uso de água em São Paulo; moradores da periferia reclamam de cortes noturnos.

...D’ÁGUA

"Esse procedimento está restrito aos bairros periféricos, de maior densidade populacional, e não aos bairros com maior renda", afirma a deputada Tabata Amaral (PSB-SP), a quem a empresa prometeu levar esclarecimentos.

CORREÇÃO

O senador Jader Barbalho (PA), e não seu filho (o governador paraense Helder Barbalho), como citado na Coluna de terça, 7, nega estar trabalhando por uma aliança de seu MDB com Lula (PT).

PRONTO, FALEI!

Roberto Freire

Presidente do Cidadania

"Passaporte da vacina é adotado no mundo todo. Bolsonaro e Queiroga agem contra o Brasil e os brasileiros para fidelizar 10% de eleitores. Os outros 90%…"

Comentários

Últimas notícias