religião

Por causa do coronavírus, Papa Francisco concede a Benção Urbi et Orbi excepcionalmente; saiba o que é e como recebê-la

O rito pronunciado pelo pontífice normalmente só é dado em três ocasiões: no Natal, na Páscoa, e quando um novo Papa é eleito

Maria Lígia Barros
Maria Lígia Barros
Publicado em 27/03/2020 às 10:51
Notícia
Leitura:

Em prol dos doentes com coronavírus, dos que cuidam deles e dos fiéis em isolamento social, o Papa Francisco decidiu conceder a benção Urbi et Orbi nesta sexta-feira (27), em circunstância especial. O rito pronunciado pelo pontífice, que significa "à cidade (de Roma) e ao mundo", normalmente só é dado em três ocasiões. No Natal, na Páscoa, e quando um novo Papa é eleito. A oração é especial porque concede a Indulgência Plenária (perdão coletivo pelos pecados) - sob as condições estabelecidas no decreto da Penitenciária Apostólica.

>> Pandemia de coronavírus faz poder público olhar para os vulneráveis no Brasil

>> Buscando garantir que os funcionários recebam, elenco do Leeds United abre mão de parte do salário

>> Coronavírus: Leia relatos e lições de quem se curou da covid-19 

Francisco apareceu no patamar da Basílica de São Pedro às 18h no horário de Roma, e às 14h no horário de Brasília. A imagem da Salus Populi Romani e o Crucifixo milagroso da Basílica de São Marcelo foram colocadas perto da porta da Catedral.

Depois de rezar a Palavra de Deus e Adoração ao Santíssimo Sacramento, o Santo Padre concedeu a Benção Urbi et Orbi extraordinária. O cardeal Angelo Comastri, arcebispo da Basílica, pronunciou a fórmula para receber a indulgência.

O pátio da Praça de São Pedro estava vazio. Pelas redes sociais, Sua Santidade fez o chamado: "convido todos a participarem espiritualmente através dos meios de comunicação", disse. "À pandemia do vírus, queremos responder com a universalidade da oração", falou.

O pronunciamento pôde ser acompanhado, ao vivo, pelo Facebook e Youtube do Vaticano, e pela página vaticannews.va/pt.

Condições para obter a Indulgência Plenária

O portal Vatican News elenca os procedimentos que devem ser seguidos para receber o perdão pelos pecados.

"Para obter a Indulgência plenária, os doentes de coronavírus, os que estão em quarentena, os profissionais de saúde e familiares que se expõem ao risco de contágio para ajudar quem foi afetado pelo Covid-19, também poderão simplesmente recitar o Credo, o Pai-Nosso e uma oração a Maria", descreve.

A Igreja oferece outras opções aos demais: "visitar o Santíssimo Sacramento ou a adoração eucarística ou ler as Sagradas Escrituras por pelo menos meia hora, ou rezar o Terço, a Via-Sacra ou o Terço da Divina Misericórdia, pedindo Deus, a cessação da epidemia, o alívio para os doentes e a salvação eterna daqueles a quem o Senhor chamou a si."

"A indulgência plenária também pode ser obtida pelos fiéis que, no momento de morte, não tiveram a possibilidade de receber o Sacramento da Unção dos Enfermos e do Viático: neste caso, recomenda-se o uso do crucifixo ou da cruz."

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Veja a evolução da pandemia em Pernambuco

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias