Tragédia

Aumenta para 12 o número de mortos em acidente de teleférico na Itália

Imagens dos bombeiros mostram os escombros da cabine em uma área arborizada cujo declive íngreme dificulta o acesso

AFP
AFP
Publicado em 23/05/2021 às 12:49
Notícia
AFP PHOTO/CORPO NAZIONALE SOCCORSO ALPINO E SPELEOLOGICO/HANDOUT
Pelo menos oito pessoas morreram no acidente - FOTO: AFP PHOTO/CORPO NAZIONALE SOCCORSO ALPINO E SPELEOLOGICO/HANDOUT
Leitura:

A queda de uma cabine de teleférico deixou, neste domingo (23), 12 mortos em Stresa, cidade da região italiana do Piamonte (noroeste) às margens do lago Mayor, segundo um novo balanço provisório dos serviços de resgate.

"O número de vítimas aumentou para 12 mortos, um balanço que, infelizmente, pode voltar a mudar", informaram os serviços de resgate. Um balanço anterior informou nove mortos e dois menores feridos gravemente.

Imagens dos bombeiros mostram os escombros da cabine em uma área arborizada cujo declive íngreme dificulta o acesso.

AFP PHOTO / POLIZIA DI STATO / HANDOUT
Duas pessoas foram socorridas em estado grave para um hospital pediátrico - AFP PHOTO / POLIZIA DI STATO / HANDOUT
AFP PHOTO / POLIZIA DI STATO / HANDOUT
Bonde transportava 11 pessoas, incluindo crianças - AFP PHOTO / POLIZIA DI STATO / HANDOUT
AFP PHOTO / CORPO NAZIONALE SOCCORSO ALPINO E SPELEOLOGICO / HANDOUT
Pelo menos oito pessoas morreram no acidente - AFP PHOTO / CORPO NAZIONALE SOCCORSO ALPINO E SPELEOLOGICO / HANDOUT
Handout / Vigili del Fuoco / AFP
Acidente aconteceu em Stresa, estação balnear no lago Maggiore na região do Piemonte - Handout / Vigili del Fuoco / AFP

O popular teleférico conecta em 20 minutos a cidade de Stresa com o monte Mottarone, que termina a quase 1.500 metros e oferece uma vista espetacular dos Alpes.

O acidente, ocorrido a 300 metros do cume, ocorreu devido a um cabo quebrado, provocando a queda da cabine na qual 11 pessoas viajavam, segundo a agência de notícias Ansa.

O teleférico esteve fechado entre 2014 e 2016 para trabalhos de manutenção.

Últimas notícias