FENÔMENO

Domingo é dia de "Blue Moon" ou "Lua Azul"; entenda o fenômeno

De acordo com a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa), o fenômeno acontece a cada dois anos e meio e três anos

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 20/08/2021 às 8:48 | Atualizado em 20/08/2021 às 9:02
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Lua cheia - FOTO: Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Leitura:

A lua cheia deste domingo (22), apesar de ter a mesma cor de sempre, será uma "Lua Azul", ou "Blue Moon", como é chamada em inglês. O termo se refere à terceira de quatro luas cheias em uma estação — mais precisamente o tempo entre um solstício e um equinócio.

Neste inverno, a primeira lua cheia ocorreu em 24 de junho e a segunda em 23 de julho. A terceira ocorrerá neste domingo, 22 de agosto, e a quarta ocorrerá em 20 de setembro, dois dias antes do inverno acabar.

De acordo com a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa), o fenômeno acontece a cada dois anos e meio e três anos. Apesar do nome, no entanto, a Lua não deve ficar realmente em tom azulado. Este fenômeno em si é bastante raro e só ocorre quando erupções vulcânicas ou incêndios florestais enviam fumaça e poeira fina em grande quantidade para a atmosfera, alterando a tonalidade da luz refletida pelo satélite.

Outra definição  

De acordo com a revista americana especializada "Sky & Telescope", em 1946 nasceu mais uma definição para lua azul cheia.

Na época, "o astrônomo amador e colaborador frequente do 'Sky & Telescope' James Hugh Pruett (1886–1955) interpretou incorretamente a descrição da revista" e, desta forma, associou a segunda lua cheia de um mesmo mês ao termo "Blue Moon". A definição se popularizou bastante. 

A última vez que esta "Blue Moon" aconteceu foi em 31 de outubro de 2020.

Comentários

Últimas notícias