ABALO

Terremoto de magnitude 6.2 atinge a Argentina

Até o momento não há informações sobre danos estruturais mais graves ou vítimas

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 13/09/2021 às 6:56
Notícia
Reprodução/EMSC
O epicentro exato do terremoto está localizado a uma profundidade de 200 km e cerca de 173 km a oeste de San Salvador de Jujuy - FOTO: Reprodução/EMSC
Leitura:

Um terremoto de magnitude 6.2, de acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (UGS, na sigla em inglês), abalou a cidade de Salta, no noroeste da Argentina, na madrugada desta segunda-feira (13). 

LEIA MAIS

Terremoto de magnitude 7,1 atinge o México

Terremoto no México atinge hotel onde foi gravado episódio clássico do seriado 'Chaves'

Autoridades confirmam primeira vítima fatal de terremoto no México

Terremoto, tempestades e inundações: o calvário interminável dos haitianos

O epicentro exato do abalo, segundo o UGS, está localizado a uma profundidade de 200 km e cerca de 173 km a oeste de San Salvador de Jujuy. Até o momento não há informações sobre danos estruturais mais graves ou vítimas.

Terremoto no México

Na última terça-feira (7), um terremoto de magnitude 7,1 sacudiu a Cidade do México e regiões vizinhas. O abalo teve seu epicentro 11 km a sudeste de Acapulco, Guerrero, no sudeste do México, de acordo com o Instituto Sismológico Nacional, enquanto as autoridades federais até agora não relataram vítimas.

"Um homem morreu na queda de um poste de energia elétrica no município de Coyuca de Benítez", estado de Guerrero, informou o governador da região, Héctor Astudillo.

Veja o vídeo:

O Hotel Emporio, famoso pelas gravações de um episódio de Chaves, localizado na cidade litorânea de Acapulco, foi um dos locais atingidos. Os reflexos do terremoto também foram sentidos na capital do país, Cidade do México, localizada a cerca de 360 km do epicentro.

O terremoto causou um colapso nervoso no centro da Cidade do México, cujos habitantes ainda guardam a trágica memória do terremoto de magnitude 7,1 registrado em 19 de setembro de 2017, que abalou o centro do país e deixou 369 mortos, a maioria na capital.

A Cidade do México foi devastada por terremotos que ocorreram em setembro de 1985, que deixaram mais de 10.000 mortos.

 

Comentários

Últimas notícias