retorno ao trabalho

Elizabeth II retoma atividades após contrair covid-19

A saúde da soberana, que este ano completa sete décadas no trono britânico, provocou uma grande preocupação depois que ela testou positivo para o coronavírus em 20 de fevereiro

AFP
AFP
Publicado em 01/03/2022 às 11:17
Victoria Jones / POOL / AFP
Rainha Elizabeth II participa de reunião virtual nesta terça-feira (1º/03) - FOTO: Victoria Jones / POOL / AFP
Leitura:

A rainha Elizabeth II participou em duas audiências virtuais nesta terça-feira, com os embaixadores de Andorra e Chade, anunciou o Palácio de Buckingham, depois que a monarca de 95 anos teve que suspender os compromissos na semana passada, depois de contrair a covid-19.

A saúde da soberana, que este ano completa sete décadas no trono britânico, provocou uma grande preocupação depois que ela testou positivo para o coronavírus em 20 de fevereiro.

Mas a casa real informou que ela já estava se sentindo bem o suficiente para uma reunião virtual no Castelo de Windsor com Carles Jordana Madero e Kedella Younous Hamidi, embaixadores respectivamente do principado de Andorra e da República do Chade, cujas credenciais a rainha recebeu virtualmente.

A rainha cancelou na semana passada encontros similares com novos representantes diplomáticos por sofrer sintomas "leves" de covid-19.

O Palácio de Buckingham afirmou que não divulgará boletins do estado de saúde da soberana, mas o retorno ao trabalho é considerado um sinal positivo.

A rainha, que se mudou para Windsor no início da pandemia em março de 2020, sofreu problemas de saúde há alguns meses e os médicos recomendaram que ela reduzisse as suas atividades.

A casa real britânica foi acusada de falta de transparência quando em outubro se viu obrigada, após vazamentos divulgados pela imprensa, a confirmar que a monarca havia passado uma noite no hospital para se submeter a "exames".

Quatro dias de celebrações nacionais estão previstos para junho para celebrar o Jubileu de Platina, os 70 anos de Elizabeth II no trono.

Últimas notícias