SERTÃO

Petrolina retoma atividades econômicas nesta segunda (27)

A decisão foi validada pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, que sugeriu a retomada das atividades após ampliação dos leitos de UTI na rede pública da cidade

JC
JC
Publicado em 25/07/2020 às 13:18
Notícia

@MIGUELCOELHOPE VIA INSTAGRAM
O anúncio foi feito pelo prefeito neste sábado (25), em seu Instagram - FOTO: @MIGUELCOELHOPE VIA INSTAGRAM
Leitura:

Após 15 dias de quarentena com regras mais rígidas, o município de Petrolina, no Sertão pernambucano,  retomará o processo de reabertura gradual dos setores econômicos e serviços. O prefeito Miguel Coelho anunciou, neste sábado (25), a liberação do funcionamento do comércio, parques, feiras livres, shopping entre outros segmentos. A decisão foi validada pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, que sugeriu a retomada das atividades após ampliação dos leitos de UTI na rede pública da cidade.

> Governo de Pernambuco inaugura hospitais de campanha para pacientes com coronavírus no Sertão

> Pernambuco ultrapassa os 85 mil casos de coronavírus

Neste sábado (25) também foi inaugurado no município um hospital de campanha com capacidade máxima de 100 leitos, com cinco vagas de estabilização com respiradores.

Com a decisão, a partir desta segunda-feira (27), o município sertanejo volta à etapa 4 do plano de reabertura. Dessa forma, estão liberadas atividades como o comércio no centro e bairros. Missas, cultos e demais celebrações religiosas também poderão retornar. O Parque Josepha Coelho, pistas de caminhadas e a orla terão liberação para uso.

Todas essas atividades, contudo, deverão seguir medidas de proteção determinadas pelos planos municipal e estadual, a exemplo dos critérios de limite de público, informativos sobre restrições e normas de higienização.

Em virtude da reabertura gradual, o transporte público será reforçado com aumento da frota de ônibus em Petrolina. Serviços de táxi, transporte por aplicativo também funcionarão normalmente. Já os mototaxistas seguirão sem poder atuar, pois o Governo do Estado ainda não permite o serviço no Sertão.

Bares, restaurantes, academias continuam sem autorização para funcionamento. A liberação gradual dessas e outras atividades estão condicionadas à decisão do Governo do Estado, que atualmente mantém Petrolina e municípios da região sertaneja na fase 4 da reabertura econômica.

Confira os principais pontos da reabertura

Comércio varejista: O comércio varejista poderá funcionar das 9h às 18h com capacidade de 1 cliente a cada 10 metros quadrados. O plano proíbe a realização de apresentações culturais ou de outro gênero que cause aglomeração. Também está vetado o consumo de produtos alimentícios dentro do estabelecimento comercial;

Shopping: Liberado o funcionamento das 10h às 20h com limite de 1 cliente a cada 10 metros quadrados. Praça de alimentação e restaurantes seguem sem autorização de atender o público, com liberação apenas para entrega em domicílio ou coleta;

Feiras livres: Autorizada a retomada das feiras com distanciamento entre as bancas e medidas de higienização. O calendário de feiras volta a ter um dia específico para cada bairro;

Parque Josepha Coelho: Volta a funcionar, entre as 5h e 22h, com obrigatoriedade de uso de máscaras. Recomendação para não utilizar o espaço para atividades coletivas, como esportes, dança e corridas em grupo;

Orla, Porta do Rio e pistas de caminhadas: Serão desbloqueadas para uso do público. A orientação, contudo, é não promover corridas, passeios e demais atividades em grupos, restringindo assim apenas a uso individual ou com um parceiro;

Salões de beleza: Deve seguir o atendimento de clientes apenas com horário agendado. Além disso, salões, barbearias, clínicas de estética e afins devem ter espaçamento de 1,5 metro entre as bancadas de atendimento;

Prefeitura: Volta a realizar atendimento ao público na sede administrativa. Cada secretaria terá um regime de funcionamento determinado pelo gestor da pasta, com recomendação de limite para 50% do público habitual e priorização do teleatendimento;

Construção civil: Liberada 100%, mas com distanciamento de 1,5 metro entre os trabalhadores;

Clubes sociais: Permitida a prática de atividades esportivas em modalidades individuais, exceto lutas, em clubes sociais. O uso deve seguir protocolos de higienização;

Templos religiosos: Missas, cultos e demais celebrações religiosas devem limitar o público a 30% de sua capacidade, podendo chegar ao limite de 50 pessoas nos templos de até mil lugares e 300 pessoas nos locais com capacidade acima de mil lugares. O plano estadual ainda recomenda um intervalo mínimo de três horas entre as celebrações e evitar práticas de aproximação entre as pessoas com contato físico, como dar as mãos, beijos, abraços, apertos de mãos, entre outros;



O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias