acidente

Embarcação naufraga após sair de Fernando de Noronha a caminho do Recife

A escuna Toda Nua naufragou no litoral de Paulista, no Grande Recife, na manhã desta segunda-feira (27)

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 27/07/2020 às 16:54
Notícia

MARCELO ANDRADE/DIVULGAÇÃO
Escuna Toda Nua naufragou na madrugada desta segunda-feira (27) - FOTO: MARCELO ANDRADE/DIVULGAÇÃO
Leitura:

A escuna Toda Nua, embarcação de turismo que atua no Arquipélago Fernando de Noronha, naufragou na madrugada desta segunda-feira (27). O acidente aconteceu nas proximidades da Praia de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife. A embarcação levava cinco tripulantes, que foram resgatados com vida.

A escuna deixou ilha no sábado (25) para realizar uma manutenção no continente, no entanto, não conseguiu chegar ao porto do Recife. O barco pertence ao presidente da Associação de Barcos de Turismo de Noronha, Milton Luna, e é considerada a maior embarcação para fins turísticos do arquipélago. Milton, no entanto, não estava na escuna.

"A escuna Toda Nua se destacava na paisagem do Porto de Santo Antônio não só por ser a maior embarcação turística da ilha, mas também por promover muitas festas e comemorações a bordo. Já era uma tradição em Noronha. Lamentamos o naufrágio e prestamos nossa solidariedade ao proprietário Milton Luna e a todos os envolvidos nas atividades da embarcação", disse o administrador da Ilha, Guilherme Rocha.

À reportagem do JC, o Corpo de Bombeiros informou que o resgate dos tripulantes foi feito pela Capitania dos Portos de Pernambuco, que, por sua vez, informou que enviará uma nota oficial sobre o acidente. Quando a Capitania se pronunciar, esse texto será atualizado.

De acordo com moradores da ilha, a tripulação que estava no barco é bastante experiente no mar. O grupo já está realizando operações para tentar recuperar a embarcação no local do naufrágio.

CORTESIA
Tripulação que estava no Toda Nua quando o barco naufragou - CORTESIA

Na sexta-feira (24), a Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), fez um alerta, sobre uma ressaca que poderia atingir Pernambuco e outros estados do Nordeste. De acordo com órgão, na ocasião, a previsão era de que pudessem ocorrer ondas de até 2,5 metros de altura entre a manhã do domingo (26) e a noite da segunda-feira (27).

>> Marinha estende alerta de ondas com até 3,5 metros em Pernambuco

Toda Nua

Com 26 metros de comprimento, as escuna Toda Nua tem capacidade para comportar até 90 passageiros. A embarcação é utilizada para realizar festas no mar. Em 2019, por exemplo, fez passeio promovido pelo festival Love Noronha.

Nota da Marinha

"A Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE), informa que tomou conhecimento, na madrugada de hoje (27), do naufrágio da escuna "Toda Nua", a 7 milhas náuticas, aproximadamente 13 km, da Praia de Maria Farinha, no município de PaulistaPE.

Os cinco tripulantes que se encontravam a bordo foram resgatados por outra embarcação, que estava na região, e estão em bom estado de saúde.

Um inquérito foi aberto para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do ocorrido."

CORTESIA
Tripulação que estava no Toda Nua quando o barco naufragou - FOTO:CORTESIA

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias