Extorsão

Polícia Civil deflagra operação contra organização criminosa investigada por sequestros em Caruaru, Carpina e Bezerros

A quadrilha é investigada por pelo menos quatro sequestros de familiares de tesoureiros e gerentes de agências bancárias, sendo dois em Caruaru, um em Carpina, na Zona da Mata, e outro em Bezerros, no Agreste

JC
JC
Publicado em 28/07/2020 às 6:58
Notícia
Bruno Campos/JC Imagem
Esta é a 31ª Operação de Repressão Qualificada da Polícia Civil de Pernambuco neste ano - FOTO: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 09h51

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta terça-feira (28) pela manhã a "Operação Dubai", para desarticular uma organização criminosa armada no estado investigada desde julho de 2019 pela prática de crimes de extorsão através de sequestro, com a participação de agentes públicos. O grupo atuava principalmente na cidade de Caruaru, agreste do estado. 

Um dos presos na operação é um soldado da Polícia Militar lotado no 20º batalhão, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Também foi preso o líder da organização criminosa, conhecido como "Henrique Dubai", em Caruaru. Os policiais apreenderam um carro de luxo, de modelo Camaro, de posse dele. 

A quadrilha é investigada por pelo menos quatro sequestros de familiares de tesoureiros e gerentes de agências bancárias, sendo dois em Caruaru, um em Carpina, na Zona da Mata, e outro em Bezerros, no Agreste. 

O nome da operação foi escolhido em referência à Chácara Dubai, residência do líder do grupo e local de cativeiro das pessoas sequestradas. Nas redes sociais desse líder, há fotos de festas, do carro de luxo apreendido, motos, cavalos de raça e bois. 

Agentes

Foram cumpridos sete mandados de prisão e 11 de busca e apreensão, todos expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Carpina, na Zona da Mata norte de Pernambuco. Seriam oito mandados de prisão, mas um dos alvosfoi morto há dois meses em um confronto com a polícia.

Participam da execução dos mandados 90 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A Polícia Militar de Pernambuco também colabora.

A operação é presidida pelo delegado Paulo Berenguer, titular do Grupo de Operações Especiais (GOE), vinculado ao Deparamento de Repressão à Corrupção e Crime Organizado (DRACCO). 

Bruno Campos/JC Imagem
Operação Dubai da Polícia Civil de Pernambuco - FOTO:Bruno Campos/JC Imagem
Divulgação/Polícia Civil
Operação Dubai da Polícia Civil de Pernambuco - FOTO:Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Operação Dubai da Polícia Civil de Pernambuco - FOTO:Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Operação Dubai da Polícia Civil de Pernambuco - FOTO:Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Operação Dubai da Polícia Civil de Pernambuco - FOTO:Divulgação/Polícia Civil

Comentários

Últimas notícias