'CORRENTES'

Operação da polícia mira quadrilha suspeita de homicídio e tráfico de entorpecentes em Pernambuco

Foram expedidos 18 mandados de prisão temporária

JC
JC
Publicado em 29/07/2020 às 7:39
Notícia

Internet/Reprodução
A operação 'Correntes' foi desencadeada na manhã desta quarta-feira (29) - FOTO: Internet/Reprodução
Leitura:

Atualizada em 30/07/2020

Na manhã desta quarta-feira (29) a Polícia Civil de Pernambuco desencadeou a operação denominada 'Correntes' com o objetivo de identificar e desarticular uma quadrilha suspeita de praticar crimes de homicídio e tráfico de entorpecentes. Foram expedidos, pela 1ª Vara da Comarca de Escada, na Zona da Mata Sul do Estado, dezoito mandados de prisão temporária, e onze mandados de busca e apreensão domiciliar.

As investigações tiveram início em setembro de 2019. Segundo a PCPE, 88 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães foram empregados na ação. "A organização criminosa era bastante atuante em Escada, Primavera, Ribeirão, em que além de traficar bastante entorpecentes estava também praticava vários crimes de homicídios. Suas vítimas eram rivais na busca de ampliar seu espaço territorial", disse o delegado  Cláudio Castro, gestor do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc).

De acordo com o delegado, durante as investigações, foram feitas várias prisões e apreensões de armas de fogo. "A quadrilha era comandada por um de detento recluso em uma das unidades prisionais daqui do Estado. Eles traficavam bastante, manuseavam muito dinheiro em espécie e praticava roubos", disse.

Ainda segundo o gestor, as investigações conseguiram evitar 15 homicídios.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias