CRIME ORGANIZADO

Operação Tamoio da PRF apreende mais de 150 kg de maconha, armas, veículos e até animais em rodovias federais

A iniciativa mirou rotas que servem como entrada e saída para drogas e outras cargas ilegais

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 29/07/2020 às 17:36
Notícia

DIVULGAÇÃO/PRF
Durante os seis dias da terceira fase da Operação Tamoio, 157,7 kg de maconha foram apreendidos. - FOTO: DIVULGAÇÃO/PRF
Leitura:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (29) detalhes da terceira fase da Operação Tamoio, de combate ao crime organizado no país, concluída no último domingo (26). A iniciativa mirou trechos estratégico que servem como rota de entrada ou de saída de drogas para aeroportos, portos e ferrovias conectados por rodovias federais. 

>> Polícia apreende caminhonete com quase 200 Kg de maconha no Ageste pernambucano

>> Operação conjunta da Polícia erradica 146,3 mil pés de maconha no Sertão de Pernambuco

Em Pernambuco, a Operação Tamoio teve início no dia 21 de julho. Em seis dias, a PRF-PE apreendeu 157,7kg de maconha, uma espingarda e uma pistola falsa, e recuperou oito veículos, sendo quatro roubados e quatro com registro de apropriação indébita. Também foram resgatados 36 pássaros silvestres e 15 pessoas foram detidas por vários crimes durante as ações. 

Segundo a PRF,  as organizações criminosas utilizam rotas comercialmente existentes, aliadas a formas clandestinas de transporte, se beneficiando do fato de que as rodovias federais são o principal meio de locomoção no Brasil - tanto para cargas e pessoas, quanto para criminosos. 


O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias