Saúde

Governador do Espírito Santo liga para médico do Cisam para agradecer acolhida de criança submetida a aborto

Renato Casagrande (PSB), ligou no final da manhã desta terça-feira (18) para o médico Olímpio Moraes. Ele agradeceu também o carinho do povo pernambucano com a menina

Ciara Carvalho
Ciara Carvalho
Publicado em 18/08/2020 às 13:13
Notícia
LEONARDO VASCONCELOS/SJCC
A manifestação de apoio foi organizada pela União Brasileira de Mulheres (UBM) junto com estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - FOTO: LEONARDO VASCONCELOS/SJCC
Leitura:

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), ligou no final da manhã desta terça-feira (18) para o médico Olímpio Moraes, diretor do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam/UPE), para agradecer o acolhimento dado à criança de 10 anos, que foi submetida a um aborto legal na unidade. A menina chegou ao Recife, na tarde do último domingo (16) e logo foi encaminhada para o procedimento. "Ele fez questão de agradecer a todo equipe médica, ao Cisam e ao Estado de Pernambuco pelo trabalho que fizemos e pelo apoio que prestamos à criança", disse o médico.

>> Tio suspeito de estuprar e engravidar menina de dez anos é preso em Minas Gerais, diz governador do Espírito Santo

>> Uma rede de carinho em torno de menina de 10 anos, após estupro e aborto

>> "Não é com ódio que se resolve uma gravidez indesejada", diz médico Olímpio Moraes

>> Confusão envolvendo aborto em criança de 10 anos repercute no Brasil

O governador tem recebido informações da situação da criança por meio da assistente social que JC acompanhou a menina e avó dela, na viagem ao Recife. "Ela tem passado todos os passos, deixado o pessoal do Espírito Santo informado de todos os procedimentos que a equipe tem adotado", explicou. O médico disse que o governador ligou por volta das 11h. "Ele ressaltou principalmente o acolhimento que ela recebeu, a forma como toda a equipe técnica, mas também a população de Pernambuco tem abraçado e acolhido essa criança", contou.

Olímpio Moraes afirmou que a menina está sorrindo e passa bem. "Ela está ótima, sorridente e ganhou muitos presentes. Toda hora chega alguma coisa. Já recebeu roupas, brinquedos, estojo de maquiagem, cesta de alimento, muitas mensagens de apoio e carinho. O quarto está cheio de presentes", disse o médico. Ele informou que a menina está bem e que deverá receber alta em breve, mas preferiu não detalhar dia e hora, para preservar a segurança da menina.

"Eu nunca vi tanto carinho. Até eu ganhei presentes, bolo, torta, a equipe está muito contente em ver a menina sorrindo, feliz. Ela agora precisa recomeçar a vida. É como se ela tivesse uma nova certidão de nascimento. Precisa deixar tudo o que aconteceu para trás e retomar a infância, a vida dela", comentou o médico.

CARTAZES E BALÕES

Os gestos de solidariedade também foram vistos do lado de fora do Cisam, no bairro da Encruzilhada, na Zona Norte do Recife. O hospital amanheceu com cartazes e balões, nesta terça-feira (18). A manifestação de apoio foi organizada pela União Brasileira de Mulheres (UBM) junto com estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O grupo também levou uma cesta de presentes para a vítima, a família e a equipe do hospital.

De acordo com a diretora da UBM, Laleska dos Santos, a ideia da iniciativa surgiu depois do ocorrido no domingo, quando políticos e representantes de grupos religiosos tentaram impedir a realização do aborto e até invadir a unidade, o que foi contido com a chegada de policiais militares.
A criança engravidou após passar os últimos quatro anos sendo estuprada pelo tio, preso nesta terça-feira (18), na cidade de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Comentários

Últimas notícias