formação

Movimento Pró-Criança participa de projeto nacional de aprendizagem criativa

Por meio de um treinamento interdisciplinar, os educadores, assistentes sociais e psicólogos do Movimento terão formações com foco no desenvolvimento da criatividade

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 17/09/2020 às 17:38
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Com início na última segunda-feira (14), o curso conta com 41 participantes e segue até novembro com oficinas virtuais uma vez por semana. - FOTO: Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Leitura:

Colaboradores do Movimento Pró-Criança estão participando do Projeto-Tinkering, uma capacitação gratuita que tem como referência a metodologia da aprendizagem criativa e a cultura maker. O Pró-Criança é a única entidade de Pernambuco a ser contemplada pelo projeto nacional, que é uma iniciativa da empresa Evoluir - Educação Transformadora e tem o apoio do Governo Federal.

Por meio de um treinamento interdisciplinar, os educadores, assistentes sociais e psicólogos do Movimento terão formações com foco no desenvolvimento da criatividade a partir da intersecção entre as artes e a tecnologia. 

Com início na última segunda-feira (14), o curso conta com 41 participantes e segue até novembro com oficinas virtuais uma vez por semana. Além da formação teórica, os profissionais do Pró-Criança devem desenvolver na prática a aprendizagem criativa. Para isso, cada colaborador recebeu uma T-BOX, que é uma caixa com ferramentas e insumos diversos, além de um livro com o roteiro das atividades. O objetivo do projeto é proporcionar um modo de expandir a mente e criatividade dos participantes.

Com o material didático, os profissionais terão a possibilidade de explorar e brincar com fenômenos, ferramentas e materiais. Além disso, também serão desafiados a “pensar com as mãos” e aprender fazendo de forma imaginativa, incomum e divertida.

Movimento Pró-Criança

O Movimento Pró- Criança é uma entidade sem fins lucrativos que existe há 27 anos e tem o objetivo de minimizar as dificuldades vivenciadas pelos jovens carentes da Região Metropolitana do Recife por meio de trabalhos sociais. A implantação do MPC foi motivada pelo grande número de crianças e adolescentes em situação de miséria e abandono e pela necessidade de unir esforços para a mudança dessa realidade.

A instituição funciona em três unidades: Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife; Coelhos e no Recife Antigo, ambos localizados na Área Central da capital pernambucana. Ele desenvolve atividades diversas no âmbito da formação focada no desenvolvimento integral do ser humano, como canto coral, artes, letramento, balé, judô, música, robótica, teatro e percussão.

Comentários

Últimas notícias