ARMA DE FOGO

Policial Civil reage a assalto e mata suspeito, em Olinda

Depois que o suspeito anunciou o assalto, o policial civil, disparou contra ele

JC
JC
Publicado em 30/11/2020 às 16:49
Notícia

LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
O caso está sendo investigado pelo DHPP. - FOTO: LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Uma tentativa de assalto terminou em morte, no último sábado (28), no bairro do Bonsucesso, em Olinda, no Grande Recife. Um policial civil reagiu ao assalto e baleou o suspeito, que tinha 24 anos e não resistiu aos ferimentos. 

O policial foi abordado e, depois que o assalto foi anunciado, ele efetuou os disparos de arma de fogo, atingindo o suposto assaltante. A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) não confirmou se o homem morreu no local ou chegou a ser socorrido. Em nota, a PCPE informou que um inquérito foi instaurado para investigar o caso. 

O caso está sendo investigado por meio Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Homicídios em Pernambuco

Pernambuco registrou, no primeiro semestre de 2020, um crescimento no número de homicídios acima da média nacional. Em seis meses, 1.962 pessoas foram assassinadas. Enquanto que no mesmo período do ano passado, foram 1.755. O aumento foi de 11,8%. Já a média nacional, que também registrou crescimento no número de mortes violentas, foi de 7,1%. Os dados, divulgados em outubro, fazem parte da nova edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

>> Número de homicídios em Pernambuco foi acima da média nacional no 1º semestre de 2020

Depois de Pernambuco comemorar 24 meses consecutivos de queda, até em novembro de 2019, os meses seguintes foram de aumentos sucessivos no número de homicídios. A exceção foi agosto deste ano. Nem mesmo o isolamento social, provocado pela pandemia do novo coronavírus, foi capaz de contribuir para interromper o ciclo de crescimento da taxa de violência armada no Estado.



Comentários

Últimas notícias