saúde

Com queda de 40%, estoques de bolsas de sangue no Hemope estão em estado crítico

A instituição tem feito um apelo por doações com a maior brevidade possível

JC
JC
Publicado em 05/01/2021 às 14:41
Notícia
Reprodução
Atualmente, o estoque de bolsas de sangue do Hemope está crítico em todos os tipos sanguíneos - FOTO: Reprodução
Leitura:

Apesar da entrada de 2021 ser repleta de esperança de tempos melhores, o ano não começou bem para a  Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), que desde o início da pandemia de covid-19, em 2020, tem sofrido com o decrescente número de doações de sangue a cada mês. Atualmente, o estoque de bolsas de sangue do Hemope está crítico em todos os tipos sanguíneos.

Diante dessa queda do estoque de bolsas de sangue, que chega a ser de 40%, a instituição tem feito um apelo solidário para que doadores e a população em geral possa fazer doações com a maior brevidade possível para que, assim, a Fundação possa superar essa fase.

“Nada fazemos sozinhos sem que todos estejam unidos e prontos para oferecer o seu sangue e a sua solidariedade em prol de todos aqueles que estão precisando”, disse Anna Fausta, diretora de Hemoterapia da instituição.

>> Após sofrer acidente, cantora gospel Amanda Wanessa está precisando de doação de sangue

Como fazer doações

O agendamento para realizar doação não é obrigatório, mas se o doador preferir, pode fazer pelos telefones 0800-081-1535, no Recife; (81) 3182-4630, para ligações interestaduais. Na sede de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, o agendamento é por meio do número (81) 3719-9569.

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade.

É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original com foto, como carteira identidade (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou carteira de trabalho. Crachás não são aceitos. Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses para homens e quatro meses para mulheres. 

Por essa razão significativa e solidária para com aqueles que estão precisando de sangue, a Instituição solicita o apoio dos seus doadores e da população em geral para superar essa fase doando sangue com a maior brevidade possível.


Comentários

Últimas notícias