pandemia

Recife abre 12 novos leitos de UTI para a covid-19; total chega a 202

Novos leitos foram abertos no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa

JC
JC
Publicado em 15/03/2021 às 8:57
BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
TRATAMENTO Capital pernambucana agora conta com cerca de 70 leitos (enfermaria e UTI) ativados - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Leitura:

Devido aos altos números da covid-19 em Pernambuco, o município do Recife abriu 12 novos leitos de Unidade da Terapia Intensiva (UTI) na manhã desta segunda-feira (15). Os leitos funcionarão no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), localizado no bairro da Estância, na Zona Oeste da capital. Com isso, a cidade agora conta com um total de 202 leitos para pessoas com sintomas graves da doença em unidades geridas pelo município. Os leitos serão ativados de forma gradativa ainda esta semana.

"O nosso esforço tem sido diário para abrir novos leitos para a cidade: leitos de observação, leitos de sala vermelha, leitos de UTI. O nosso esforço deve ser conjunto com a abertura de leitos e intensificando a velocidade da vacinação, para que a gente possa salvar vidas no Recife", declarou o prefeito do município, João Campos.

A preocupação com a ocupação e, consequentemente, a quantidade de leitos de UTI nas cidades pernambucanas tem sido constante. Isso porque mesmo o Estado abrindo novos leitos regularmente, a taxa de ocupação dos hospitais da rede pública segue em 95% desde a última segunda-feira (8) até esse domingo (14), o que demonstra que o número de internações de pessoas com suspeita ou confirmação da doença não para de subir.

Os números referentes a esta segunda serão repassados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) ao longo do dia, por meio do boletim epidemiológico.

Altos números de atendimentos no Samu do Recife

Na semana passada, os atendimentos realizados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no Recife se tornaram reflexo da grande força da pandemia na capital. Apenas na sexta-feira (12) foram 51 atendimentos. Já na última segunda-feira (8), chegou a 55 atendimentos, um recorde desde que a pandemia deu uma trégua, em meados do segundo semestre de 2020. Segundo avaliação da Secretaria de Saúde do Recife, a demanda pelo serviço de saúde na capital ainda não alcançou os patamares do primeiro pico da crise sanitária, nos meses de maio e junho, por exemplo, quando o número de atendimentos alcançou os 90 chamados diários.

Apesar disto, segue alto e demonstra um crescimento frequente. A média móvel de atendimentos está em 45,4 envios de ambulâncias em 24h. Segundo avaliação dos profissionais que atuam no serviço, é a maior média móvel de atendimentos em 24h no ano de 2021 até a presente data.

Confira o total de atendimentos do Samu na última semana (7 a 12 de março/2021)

7/3 - 45 atendimentos

8/3 - 55 atendimentos

9/3 - 34 atendimentos

10/3 - 51 atendimentos

11/3 - 53 atendimentos

12/3 - 51 atendimentos

 

 


Comentários

Últimas notícias