CRIME

Polícia Civil prende suspeitos de arrombamento e furto em condomínios de luxo do Recife

Com os suspeitos, chaves de fenda supostamente utilizadas para arrombar imóveis, além de vários aparelhos celulares, foram encontrados

JC
JC
Publicado em 19/04/2021 às 7:17
Notícia
Divulgação PCPE
Delegacia de Casa Amarela, no Recife - FOTO: Divulgação PCPE
Leitura:

Atualizada às 15h05

A Polícia Civil de Pernambuco, através da Delegacia de Casa Amarela (5º CP), prendeu quatro homens em flagrante nesta semana, suspeitos dos crimes de furto qualificado e associação criminosa, com atuação em âmbito nacional. De acordo com a PC-PE, a quadrilha é especializada em arrombamentos de condomínios de luxo na Zona Norte do Recife.

"Eles provavelmente identificavam as vítimas por bancos de dados comprados de forma fraudulentas
e acessavam os condomínios de forma clandestina. Eles ludibriavam os porteiros que acreditavam se tratar de moradores sempre aparentando estar bem vestidos, dando essa imagem que facilitava a falha da portaria", disse o delegado.

A Polícia Civil afirmou que além de Pernambuco, o grupo criminoso, que conta com coordenações advindas de São Paulo, age em vários estados do Brasil há alguns anos. Em 2017, dois integrantes da organização criminosa foram presos na Delegacia de Boa Viagem após arrombarem um apartamento de luxo na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Já em fevereiro de 2019, investigações da polícia resultaram na prisão em flagrante de cinco integrantes da quadrilha após ações no Recife. Em fevereiro deste ano, um arrombamento também foi registrado no bairro da Jaqueira, onde uma grande quantia em dinheiro e joias foram furtados por integrantes da mesma organização criminosa. Depois do crime, os suspeitos saíram pelas ruas transportando um cofre, coberto por um lençol.

A polícia informou que passou a monitorar os integrantes da quadrilha que já haviam sido identificados. Esta semana, quatro deles chegaram a Pernambuco num voo vindo do estado de São Paulo, e se hospedaram em hotel localizado em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Depois de uma perseguição, os quatro homens foram levados para a Delegacia de Casa Amarela, onde foram autuados. 

Na ocasião, foi constatado que o grupo se movimentou em Boa Viagem, Ilha do Retiro e Rosarinho, momento em que a polícia decidiu realizar a abordagem, efetuada na Via Mangue, com o objetivo de minimizar os riscos de abordagem e de fuga.

Os suspeitos foram flagrados indo a uma loja de materiais de construção do bairro do Pina, onde possivelmente adquiriram as ferramentas a serem utilizadas no arrombamento. Além disso, os policiais constataram que eles conseguiram ingressar em um condomínio de luxo, na Ilha do Retiro, na Zona Oeste do Recife, mas não chegaram a invadir nenhum apartamento.

A polícia acredita que eles voltariam ao local no sábado ou domingo, onde aproveitariam o fluxo de moradores que passam os finais de semana em casas de praia ou de campo.

Já no bairro do Rosarinho, houve uma falha inicial da portaria, dinâmica habitual, que foi corrigida sem que nenhum objeto efetivamente furtado. A vítima-alvo seria de nacionalidade chinesa.

Com os suspeitos, chaves de fenda supostamente utilizadas para arrombar imóveis, além de vários aparelhos celulares, foram encontrados. Antes desta semana, uma parte da quadrilha já havia sido presa em uma ação conjunta entre as Polícias Civis do Ceará e do Mato Grosso.


Comentários

Últimas notícias