Manifestação

MPPE diz que irá apurar relatos sobre atuação da PM em ato contra Bolsonaro no Recife

Durante a manifestação, as forças policiais usaram spray de pimenta e bala de borracha para dispersar a multidão

Katarina Moraes Giovanna Torreão
Katarina Moraes
Giovanna Torreão
Publicado em 29/05/2021 às 21:00
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto no dia 29 de maio. no Centro do Recife, foi reprimido pela polícia - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) informou que irá apurar todos os fatos relacionados à atuação da Polícia Militar de Pernambuco durante ato contra o governo de Jair Bolsonaro que aconteceu, na manhã deste sábado (29), no Centro do Recife. Durante a manifestação, as forças policiais usaram spray de pimenta e bala de borracha para dispersar a multidão. O protesto era, até então, pacífico, mas aconteceu em descumprimento ao decreto estadual que proíbe aglomerações de pessoas devido à crise sanitária causada pela covid-19.

>> Vereadora presta queixa após polícia disparar spray de pimenta contra ela em protesto contra Bolsonaro no Recife

>>> Paulo Câmara afasta oficial que comandou ação da PM durante protesto contra Bolsonaro no Recife

>>> Vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos diz que Estado não autorizou PM a dispersar protesto contra Bolsonaro

Diante dos relatos compartilhados através das redes sociais, o MPPE se manifestou e garantiu que, através das Promotorias de Justiça da capital, adotará as providências cabíveis para apurar os fatos ocorridos e tomará as devidas medidas na esfera de suas atribuições, com apoio da Procuradoria Geral de Justiça.

O Ministério Público ressaltou ainda que "repugna qualquer ato de violência contra manifestações democráticas e não admite qualquer atitude arbitrária dos agentes públicos responsáveis pela garantia da segurança do povo pernambucano". Por fim, o MPPE se colocou à disposição dos cidadãos para receber informações sobre abusos ou excessos.

Canais para manifestação:

Formulário: https://ouvidoria.mppe.mp.br/#/formulario

WhatsApp: (81) 99679.0221

Site: https://www.mppe.mp.br/

Inbox do Facebook: ouvidoriamppe

Por telefone: Disque 127 (das 7h às 16h)

Assistência jurídica

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, através do Núcleo de Defesa e Promoção de Direitos Humanos e do Núcleo Criminal da Capital, anunciou que está se colocando à disposição para prestar assistência jurídica integral e gratuita para as pessoas e organizações que tiveram direitos violados durante a manifestação deste sábado no Recife. O público pode entrar em contato através do e-mail nucleodh@defensoria.pe.gov.br.

Confira tudo o que aconteceu no protesto contra Jair Bolsonaro no Recife:

 

Comentários

Últimas notícias