POLÍCIA

Operação investiga quadrilha suspeita de praticar crimes contra o consumidor no Recife

Esta é a 53ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "Castelo de Areia". São cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (5)

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 05/08/2021 às 9:33 | Atualizado em 05/08/2021 às 9:59
DIVULGAÇÃO/PCPE
Ao todo, 30 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da execução da Castelo de Areia - FOTO: DIVULGAÇÃO/PCPE
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco cumpre, na manhã desta quinta-feira (5), cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela 18ª Vara Criminal da Comarca do Recife e cumpridos na mesma cidade. A ação tem o objetivo de identificar e desarticular uma associação criminosa voltada à prática de receptação qualificada, sonegação fiscal, crimes contra as relações de consumo e contra o consumidor.

Esta é a 53ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "Castelo de Areia", vinculada à Diretoria Integrada Especializada (DIRESP), sob a presidência da Delegada Thaís Galba, Titular da Delegacia de Polícia de Crimes Contra o Consumidor (DECON).

DIVULGAÇÃO/PCPE
Ao todo, 30 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da execução da Castelo de Areia - DIVULGAÇÃO/PCPE
DIVULGAÇÃO/PCPE
Ao todo, 30 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da execução da Castelo de Areia - DIVULGAÇÃO/PCPE

As investigações, iniciadas em outubro de 2020, foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL) e contaram com o apoio da Secretaria da Fazenda, Receita Federal, Instituto de Criminalística e Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU).

Ao todo, 30 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da execução da Castelo de Areia.

Os detalhes da referida operação serão divulgados pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil, em momento oportuno.

Comentários

Últimas notícias