PANDEMIA

Covid-19: vacinação por demanda espontânea de jovens em Camaragibe provoca filas e aglomerações

Segundo a gestão, a expectativa era de que 200 jovens procurassem o serviço sem agendamento, porém, este número foi ultrapassado

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 18/08/2021 às 17:54
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Vacinação em Camaragibe - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da TV Jornal

Nesta quarta-feira (18), jovens a partir dos 18 anos começaram a ser imunizados contra a covid-19 no município de Camaragibe, no Grande Recife, em sistema de marcação prévia e vacinação por demanda espontânea. No entanto, a procura gerou filas e aglomerações em frente aos centros de imunização. Segundo a gestão, a expectativa era de que 200 jovens procurassem o serviço sem agendamento, porém, este número foi ultrapassado.

O estudante Ryan Aguiberto foi um dos que acordaram cedo para garantir a primeira dose da vacina, no posto de saúde do Bairro Novo. O jovem conta que o mais difícil foi conter a ansiedade. “Eu fiquei muito ansioso para vir hoje, é a emoção de se vacinar. Esse é o momento mais importante para todos nós, graças ao SUS! Essa oportunidade chegou para nós aqui em Camaragibe, eu tanto esperei para chegar a 18 anos e chegamos!”, exclamou o Ryan.


No entanto, a grande fila e aglomerações foram desaprovadas por quem estava à espera do serviço. A vendedora Andréia Eunice, que acompanhava a filha de 19 anos para receber o imunizante, reclamou da desorganização. "Tem muita gente. Eu acho que por horário ficaria mais organizado, assim está muito aglomerado”, afirmou.

 

TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Grande fila e aglomerações foram desaprovadas por quem estava à espera do serviço de vacinação, em Camaragibe. - TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Grande fila e aglomerações foram desaprovadas por quem estava à espera do serviço de vacinação, em Camaragibe. - TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Grande fila e aglomerações foram desaprovadas por quem estava à espera do serviço de vacinação, em Camaragibe. - TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Grande fila e aglomerações foram desaprovadas por quem estava à espera do serviço de vacinação, em Camaragibe. - TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM

De acordo com a prefeitura de Camaragibe, o problema foi causado pela abertura de imunização do grupo de maiores de 18 anos ter coincidido com o dia de início da demanda espontânea. A gestão afirmou ter distribuído distribuindo fichas e que a aglomeração foi "contornada rapidamente".

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização de Camaragibe, Maria José Neves, admitiu que a prefeitura foi pega de surpresa pela alta demanda de pessoas. “Como hoje foi o primeiro dia, acabou surpreendendo a equipe, mas já estamos resolvendo", afirmou.

Ainda segundo a prefeitura, todos que estavam à espera foram atendidos e vacinados.

Novas regras de vacinação

 

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização de Camaragibe ainda afirmou que novas regras de imunização por demanda espontânea no município passam a valer a partir desta quinta-feira (19). Agora, as pessoas que optarem pelo sistema sem agendamento precisarão comprovar o motivo.

“A partir de amanhã quem precisar se vacinar por demanda espontânea vai precisar comprar à necessidade, como viagem, cirurgia ou necessidade de trabalho. Vamos fazer isso para evitar a aglomeração", concluiu Maria José Neves.

 



Comentários

Últimas notícias